Floricultura
Projeções do Agronegócio 2011/12 a 2021/22
O estudo de tendências do agronegócio desenvolvido pelo MAPA, considera aspectos globais como o crescimento da economia mundial, o envelhecimento populacional e a mudança nos hábitos alimentares, além do desenvolvimento tecnológico e a evolução da consciência ambiental.

A avaliação desses aspectos ligados às características do setor no Brasil permite a elaboração de projeções de produção, consumo e comércio exterior.

Acesse e saiba porque os índices atuais apontam para um mercado internacional de consumo em expansão, mas cada vez mais exigente no quesito de qualidade dos produtos agrícolas.
Beleza efêmera
Foto: Zeca Wittner
Elas já foram flores comuns nos jardins brasileiros, mas, quem sabe por sua fragilidade, foram perdendo espaço para outras plantas até quase não mais serem vistas. Mas a delicada beleza das dálias parece estar recuperando seu espaço – se não nos jardins de fato, ao menos na decoração. Continue lendo no blog do Estadão.

Acesse mais conteúdos no menu Mercado no Brasil.
Incentivo à produção de flores no DF
Foto: Roberto Barroso
A produção de flores no Distrito Federal, que movimenta por ano cerca de R$ 100 milhões, ganhou novos incentivos do governo para o cultivo de espécies ornamentais. Um novo decreto instituiu a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Floricultura do Distrito Federal (CFLOR/DF) e a cessão de uso de um galpão, localizado no Núcleo Rural Rio Preto, em Planaltina. O local vai sediar a Cooperativa dos Produtores de Flores e Plantas Ornamentais do Distrito Federal (Multiflor). Contine lendo no site da Agência Brasília.
Mulheres cultivam flores e criam renda na Paraíba
As flores mudaram a vida das agricultoras de Pilões, município do interior da Paraíba. Foi o cultivo delas que garantiu a 22 mulheres renda para suas famílias, após o fechamento de uma usina que tirou empregos nos canaviais. O negócio se mostrou promissor e, hoje, a cooperativa que elas criaram vende o produto na Paraíba e em outros Estados. Saiba mais no site da UOL.
Sebrae lança plano de marketing para setor de plantas
Foto: Marco Polo
O Sebrae no Rio Grande do Norte lançou o Plano de Marketing para o setor de Flores e Plantas Ornamentais para a Grande Natal.O documento reúne estratégias que poderão ser adotadas para aumentar a lucratividade de quem atua nesse segmento. As medidas poderão alavancar o faturamento do setor, que atualmente movimenta R$ 6,1 milhões por ano na região Metropolitana de Natal, passando para R$ 11,8 milhões até 2017.
Flores e Plantas Ornamentais
A Agenda estratégica 2010-2015 para o setor de Flores e Plantas Ornamentais foi desenvolvido pelo MAPA para estabelecer um plano de trabalho para a cadeia produtiva para os próximos cinco anos, facilitar e organizar a ação conjunta das câmaras setoriais nos assuntos de interesse comum e contribuir para a construção de políticas públicas e privadas para o agronegócio. Acesse o documento e fique por dentro.

Acesse mais conteúdos no menu Estudos e Diagnósticos.
Rosas do deserto são o destaque da Expoflores
As orquídeas, as flores tropicais, os cactos suculentos, o bonsai e as roseiras vão dar um colorido e um perfume a mais, com a realização de mais uma edição da Expoflores Cidade Jardim. Realizada no primeiro sábado de cada mês, a feira é uma iniciativa do Sebrae no Rio Grande do Norte, em parceria com a associação de lojista do shopping, para estimular o consumo de flores e plantas ornamentais e gerar mais negócios na cadeia produtiva.
Produção de Flores e Folhagens Tropicais e Corte
O principal objetivo do Manual Técnico para a produção de Flores e Folhagens Tropicais de Corte é dar suporte técnico para os produtores de flores mostrando procedimentos básicos e boas práticas para uma eficiente gestão dos negócios. A publicação traz estudos de mercado, exemplos de planos de negócios, técnicas de produção, além de dados sobre os aspectos econômicos e financeiros.
A beleza das flores
Aas flores, por mais lindas que sejam, não duram para sempre, por isso, quem quer ter um vaso de flor em casa ou no escritório precisa saber cuidar dela.
O florista Tiago Martins dá dicas de como manter as flores por mais tempo nos vasos e nos canteiros e explica como mudanças de locais e regas podem afetar a vida da planta.
Plano Safra 2012/2013
O Plano Safra 2012/2013 lançado pelo governo federal promete mais crédito e mais renda para os produtores rurais, além de taxas de juros atrativas e medidas de incentivo a produção. O volume de recursos disponíveis é de R$ 115,2 bilhões para o finaciamento rural representando um crescimento de 7,5% em comparação à safra passada.

Entre as propostas sugeridas estão políticas de apoio ao produtor com foco nas realidades locais, redução de custos financeiros e ampliação da cobertura do Seguro Rural.

 

 

Curso de Propriedade Intelectual & Inovação no agronegócio
Conheça o curso Propriedade Intelectual e Inovação no Agronegócio oferecido pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O objetivo é sensibilizar, capacitar e atualizar profissionais que atuam no espaço temático da inovação e da propriedade intelectual, em suas aplicações para o agronegócio.

Saiba mais no blog do curso.
Mulheres investem no plantio flores no sertão da Paraíba
Há 13 anos, um grupo de mulheres fundaram uma cooperativa em Pilões, no agreste paraibano, marcando um recomeço de vida para elas. O negócio deu tão certo que além de abastecer o mercado interno, elas já vende para outros estados. Contando com a ajuda do Sebrae, a cooperativa emprega 30 pessoas e comercializa 4 mil flores por dia. Veja o vídeo no site da Rede Record.

 

O Boletim Informativo da Ibraflor traz análises do setor, dados de mercado e agenda de eventos. Acesse e saiba mais.
Dados gerais do setor
Confira na publicação da Ibraflor os números do crescimento da floricultura do país, área cultivada, os empregos diretos criados e as exportações de 2003 a 2011.
Inovação para vender flores
A Flores On line começou pequena e hoje é líder no mercado. Conheça a história do empresário que apostou na internet para vender flores.
Veja a cotação de flores no Ceagesp
A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) mantém a maior rede pública de armazéns de São Paulo e um complexo de 13 centrais atacadistas, que asseguram o abastecimento de grande parte do Estado. Além da atividade atacadista, a Ceagesp se destaca no comércio varejista de hortifrutigranjeiros, carnes, aves, flores e outros produtos, por meio de varejões e feiras de flores. Oferece serviços de apoio ao agricultor, ao comerciante e ao consumidor.

:: Consulte aqui a cotação