Petróleo e Gás
Inovação aplicada ao sucesso
Conheça a história de sucesso de 40 empresas que apostaram na inovação e estão colhendo bons resultados no Brasil e fora do País. A publicação Brasil Inovador, da Finep, traz casos de diversos setores da indústria, inclusive Petróleo e Gás.
Oportunidade no Paraná
Exploração de pretóleo na Bacia de Campos movimenta Redepetro/PR. Empresa de construção de duas plataformas está está negociando contratos de serviços de diversas áreas. Acesse o menu Redes Petro e mantenha-se informado sobre os resultados do convênio entre a Petrobrás e o Sebrae.
Publicação informa boas práticas para postos e serviços
A ABIEPS - Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos para Postos de Serviços irá distribuir três mil exemplares da segunda edição do livro "Informações Gerais e Boas Práticas ABIEPS" para os profissionais do segmento. A publicação traz informações detalhadas sobre os principais equipamentos e soluções para operação de postos de serviços, descrevendo desde a sua função, os componentes, até os requisitos técnicos do Inmetro e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que devem ser observados pelos fabricantes e prestadores de serviços na hora de instalação ou remoção de sistemas.
conecte seu negócio 2.jpg
Milhares de MPEs entram para o mundo digital

Mais de 30 mil micro e pequenas empresas foram beneficiadas com o projeto Conecte seu negócio.  O projeto é uma realização do Google em parceria com o Sebrae, HP e tem como objetivo a inclusão digital dessas empresas de forma fácil e barata, gerando mais visibilidade para a empresa.

 Acesse o menu Inovação e tecnologia para saber mais sobre o projeto.  

 

postos de combustível.jpg
Aditivo ao diesel é regulamentado pelo Inmetro

O Arla 32 é um aditivo feito a base de ureia que deverá fazer parte de todos os veículos novos a partir do começo de 2012. Conheça as vantagens e os requisitos do Inmetro para produção e comercialização do aditivo.

Acesse o menu Inovação e Tecnologia para saber mais 

 

Livro traz informações sobre inovação tecnológica para MPE
Um livro que traz informações importantes e em linguagem didática sobre inovação tecnológica para as micro e pequenas empresas que já são fornecedoras do setor de petróleo, gás e energia ou que estejam interessadas em participar dessa próspera cadeia produtiva. A publicação "Inovação Tecnológica na Cadeia Produtiva de Petróleo, Gás e Energia", apoiada pelo convênio Sebrae/Petrobras, realizada pela Rede Petrobras Sergipe em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Leia a matéria na íntegra no site da Agência Sebrae de Notícias.
Pequenas empresas fornecem serviços e produtos para a Petrobras
img - Petrobras
Apoiadas pelo Sebrae Amazonas, 270 pequenas empresas do Estado foram capacitadas para fornecer bens e serviços para a Petrobras. Certificação, aumento da produtividade e do lucro são alguns dos resultados obtidos após essa parceria de sucesso.

Resultados reais, como criação de 1500 novos empregos podem ser vistos na matéria veiculada no programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios.
Em busca do ouro negro
img_petroleo
Até 2014, somente a Petrobras deve investir 220 bilhões de dólares para manter acelerado o ritmo atual de produção - que dobrou durante a última década. O destino de metade desse dinheiro é o caixa de pequenas e médias empresas, que vendem (ou vão vender) produtos e serviços para a estatal, para seus fornecedores e para os fornecedores de seus fornecedores. A prestação de serviços é uma das mais importantes portas de entrada utilizadas pelas pequenas e médias empresas para participar do setor.

Leia a reportagem completa no Portal Exame.
Parceria entre Petrobras e Sebrae/SE abre caminho para contratar microempreendedor individual
Microempreendedores Individuais de Sergipe poderão se tornar fornecedores da Petrobras. A experiência piloto é uma iniciativa do Sebrae/SE e da Petrobras e poderá cadastrar trabalhadores como pedreiro, sapateiro, costureira, borracheiro, pintor, pipoqueiro, chaveiro, serralheiro, montador de esquadria, podador de árvore, carroceiro e barqueiro, entre outros.
O objetivo do projeto é inserir os micros e pequenos negócios na cadeia produtiva de petróleo e gás. Uma das ações do programa é o incentivo à formalização do público-alvo de Microempreendedores Individuais, com a abertura de oportunidades para o segmento.

Leia a reportagem completa no site da revista Grandes Construções.

Saiba mais sobre como fazer parte do Canal de Fornecedores da Petrobras.

 

O Petróleo independente no Brasil
img_maquina
No ano de 1858, começava a primeira extração de mineral betuminoso em Maraú, município baiano distante 366 km da capital Salvador. Hoje, a Bahia é responsável pela quinta maior produção de petróleo do país – ficando atrás do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Sergipe –, o estado tem consolidado o segmento de micro e pequenas empresas que atuam na cadeia de petróleo, gás e energia. O estado possui, hoje, em terra e sob a concessão de produtoras independentes brasileiras, na Bacia do Recôncavo, 15 campos produtores.

Hoje, na Bahia, existem 1.695 poços produtores de petróleo. Deste total, 98,6% estão sendo explorados pela Petrobras e 1,4% por produtoras independentes.

Pensando nisso, a revista TNPetróleo traz uma série de reportagens especiais sobre a produção independente de petróleo no Brasil. Confira a primeira matéria da série “Produtores Independentes”.
Guia dos Royalties do Petróleo e do Gás Natural
Produzido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), este guia demonstra como é feita a metodologia de cálculo e distribuição dos royalties de petróleo no Brasil. Desde 1998, com a implementação da Lei do Petróleo, houve mudanças no processo de pagamento de alíquotas e o cálculo de royalties passou a ser feito de outra forma. Os royalties são pagos pelas empresas produtoras de petróleo e gás natural e transferidos pela ANP aos governos estaduais e municipais e órgãos da União.

Leia a publicação no site da ANP.
Novas perspectivas para as empresas da cadeia de petróleo
img - Novas perspectivas para as empresas da cadeia de petróleo
O crescimento do setor petroleiro no país e suas perspectivas futuras impulsionaram esforços para a criação do Projeto de Inserção de Micro e Pequenas Empresas na Cadeia Produtiva do Petróleo, Gás Natural e Energia.

Continue lendo.

Acesse outros conteúdos no menu Cadeia Produtiva.
Mais financiamento para as MPEs
Saiba como foi o desempenho do BNDES, que em 2011 beneficiou o setor industrial foi beneficiado com a liberação de R$ 43,8 bilhões e comércio e serviços, com R$ 29,2 bilhões. As liberações para as MPEs foram recorde. Veja quais setores beneficiados.
Convênio fortalece as MPEs de petróleo e gás
img - Convênio fortalece as MPEs de petróleo e gás
Convênio entre Sebrae e Petrobras apoia o desenvolvimento de micro e pequenas empresas (MPEs) do setor de petróleo e gás, através de projetos e da formação de Redes Petro em vários estados brasileiros.

Continue lendo.

Conheça o trabalho das Redes Petro nos estados.
Pequenas e médias empresas também podem fornecer para a cadeia de P&G
Além de empresas de petróleo, que outras companhias têm interesse no que as pequenas e médias empresas podem fornecer? Que produtos e serviços estão sendo mais procurados? Fornecer à Petrobras é o melhor caminho para entrar no setor?

Essas questões já não fazem mais parte do pensamento de muitos empresários. Eles já descobriram que fornecer produtos e serviços para a cadeia de petróleo e gás é um ótimo negócio.

Saiba mais onde estão as grandes oportunidades nessa cadeia e como as pequenas e médias empresas podem aproveitá-las. Veja a matéria completa no Portal Exame.
Fale conosco
Agora existe um canal direto para sugestões sobre o site do setor Petróleo e Gás. Com a sua colaboração, poderemos aprimorar as informações disponibilizadas na página.

As sugestões podem ser enviadas para o e-mail petroleo@sebrae.com.br. Elas serão analisadas e, se possível, implementadas. Colabore!