Programa ALI ajuda a implantar práticas inovadoras gratuitamente no seu negócio.

Histórico

A inovação é fator de sobrevivência das micro e pequenas empresas e instrumento necessário para que elas aumentem sua participação na economia brasileira, consolidando posições no mercado interno e assegurando maior participação no mercado internacional. Por isso, o Sebrae criou o Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), que, em parceria com o CNPq, tem o objetivo promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada. Esta orientação é realizada por ALI, bolsistas do CNPq, selecionados e capacitados pelo Sebrae, para acompanhar um conjunto de empresas definidas pelo Sebrae/UF. O programa ALI tem abrangência nacional e está consolidado como diferencial e estratégia de competitividade para os pequenos negócios.

Assim que teve início, em 2008, o programa contava com o apoio de apenas 396 Agentes Locais de Inovação, e atendeu cerca de cinco mil empresas. Com seis anos de existência, a realidade dos números é bem diferente, o programa conta com a participação de mais de 1,4 mil agentes e mais de 55 mil empresas acompanhadas anualmente.

Quando se fala em inovação, muitos empresários logo pensam em mudanças altamente tecnológicas e custos elevadíssimos. Para que você não pense da mesma forma, é bom saber que inovar é algo simples e pode estar presente no dia a dia da sua empresa. Por isso e para você é que existe o ALI, um programa que promove a cultura da inovação na sua empresa.

Como funciona o programa

O Programa Agentes Locais de Inovação (ALI) é um acordo de cooperação técnica entre o CNPq e o Sebrae, com o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada.

Esta orientação é realizada por agentes, bolsistas do CNPq, selecionados e capacitados pelo Sebrae, para acompanhar um conjunto de empresas. O programa tem abrangência nacional e está consolidado como estratégia de competitividade e diferencial competitivo para as empresas de pequeno porte.

Os Agentes Locais de Inovação (ALI) visitam os empreendimentos, apresentam soluções e oferecem respostas às demandas do negócio. As mudanças geram impacto direto na gestão empresarial, na melhoria de produtos e processos e na identificação de novos nichos de mercado para os seus produtos. O programa tem as seguintes etapas:

 

  • Sensibilização: momento em que a empresa tem contato com a proposta do programa ALI. Para que uma empresa participe do programa, ela não pode estar participando de projetos coletivos Sebrae.
  • Adesão: momento em que a empresa formaliza seu compromisso com o programa ALI.
  • Diagnóstico Empresarial: preenchimento, pelo ALI, junto ao empresário. O modelo de diagnóstico utilizado é o mesmo do MPE Brasil.
  • Radar da inovação: preenchimento pelo ALI, junto ao empresário.
  • Devolutiva: elaborada pelo ALI, a devolutiva é resultado da análise dos dados e evidências coletadas no Diagnóstico Empresarial e do Radar da Inovação.
  • Matriz FOFA (forças/fraquezas/ameaças/oportunidades) + Plano de Ação: após a entrega da devolutiva, o ALI deverá elaborar a Matriz FOFA e o Plano de ação juntamente com o empresário. Este plano deverá conter no mínimo cinco ações distintas.
  • Início do Plano de Ação T0, T1, T2 e T3 e Monitoramento do Plano de Ação: o empresário, acompanhado pelo ALI e supervisionado pelo Consultor Sênior, acompanha a empresa na implantação das ações.

Quem pode participar?

Podem participar empresas de pequeno porte (EPP) com faturamento anual de R$ 360.000,01 a R$3.600.000,00 e atuantes nos setores de Indústria, Comércio ou Serviços.

Quais são os benefícios?

O programa oferece:

  • Acompanhamento in loco: o ALI vai até o seu negócio e irá monitorar de forma customizada a implantação das ações inovadoras que você decidir utilizar.
  • Acompanhamento Continuado: o acompanhamento do ALI é, em sua essência, continuado, pois envolve repetidas visitas às empresas (a empresa é acompanhada por um período de até 30 meses).
  • Acompanhamento Customizado: as soluções são apresentadas de acordo com a necessidade da sua empresa.
  • Acompanhamento Especializado: as ações propostas pelo ALI são validadas pelo Consultor Sênior, especialista do Sebrae, o que possibilita uma orientação mais fiel e coerente.
  • Acompanhamento Gratuito: destaca-se a não cobrança de nenhuma taxa para o acompanhamento do ALI. Compreende-se, naturalmente, que as ações sugeridas pelo ALI podem incorrer em custos para o empresário, principalmente por envolverem a aquisição de novos equipamentos, serviços ou tecnologias.
Fonte: Sebrae Nacional