ANÁLISE DE TENDÊNCIA

A qualidade é o fator-chave para o sucesso no mercado do café

Orgânicos, certificados ou especiais, independente do tipo, uma boa bebida depende da excelência em toda a cadeia produtiva: da plantação à apresentação final.

  • Qualidade acima de tudo

O café é um daqueles produtos que se “vende” por aguçar os sentidos por meio do seu aroma, apresentação visual e, claro, seu sabor. Contudo, os consumidores estão cada vez mais experientes e experimentados e agora exigem padrões de qualidade que vão muito além do modelo mercadológico desenvolvido durante as décadas passadas.

Os empresários que atuam na atividade comercial do café (cafeterias, coffee shops, mercados especializados e afins) precisam conhecer profundamente o universo das certificações do produto. Principalmente porque o aumento de consumo dos cafés especiais (descafeinado, gourmet, orgânico, de origem certificada), no contexto da alimentação fora do lar, já é uma realidade brasileira. 

Informações de mercado sobre café gourmet e orgânico (em PDF)

Qualidade acima de tudo
  • Diferenciais competitivos

A Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic) alerta que, hoje, há no mercado a exigência de um esforço em cadeia, desde o controle da produção até o momento de consumo. Isso tem como premissa manter a consistência da demanda pelo produto em patamares elevados. Nesta direção, os produtores brasileiros de café estão conquistando destaque no mercado nacional e internacional com a aplicação de tecnologias e obtenção de certificações, categorizando suas produções na linha dos cafés especiais.  Tais iniciativas têm rendido certificações do Comércio Justo, da Produção Orgânica e de Indicações Geográficas (Procedência e Origem).

As Indicações Geográficas (Procedência e Origem) são ferramentas coletivas de valorização de produtos tradicionais vinculados a determinados territórios e uma de suas funções é exatamente agregar valor ao produto.

O sistema de Indicações Geográficas (IG) deve promover os produtos e sua herança histórico-cultural, que é intransferível. Essa herança abrange vários aspectos relevantes: área de produção definida, tipicidade, autenticidade com que os produtos são desenvolvidos e a disciplina quanto ao método de produção, garantindo um padrão de qualidade. Tudo isso confere uma notoriedade exclusiva aos produtores da área delimitada.

Ao mesmo tempo em que se possui uma qualidade diferenciada, tem-se a proteção dela por este reconhecimento ser único dos produtores da região. As IGs contribuem para a preservação da biodiversidade, do conhecimento e dos recursos naturais. Trazem contribuições extremamente positivas para as economias locais e para o dinamismo regional.

Conheça as categorias de certificação do café

Diferenciais competitivos
  • Qualidade acima de tudo
  • Ideias de negócios

O café brasileiro tem ótima fama internacionalmente, o que faz com que a curiosidade e a procura dos turistas sejam altas. Para fazer jus ao produto genuíno, confira algumas dicas de negócios que devem ser levadas em consideração para obter sucesso no mercado.

Obtendo sucesso

O consumo e o mercado de cafés especiais, como os gourmets e os orgânicos socialmente corretos, cresce no mundo todo. A produção orgânica revela-se como alternativa ambiental, social e econômica, pois não contamina o meio ambiente e agrega mais valor ao produto final. Para um público apreciador, este é um café diferente dos demais, com sabor, aroma, corpo e doçura.

Outra proposta de produção com conservação ambiental é a produção em sistemas agroflorestais, que gera aumento da qualidade do café. Isso porque ao combinar diferentes espécies de árvores com cultivos agrícolas de forma simultânea, o solo fica protegido. De acordo com estudos, a baixa produtividade do café (14 sacas por hectare) é compensada pelo bom preço obtido na venda do café orgânico a países europeus, além de oferecer alimentos mais saudáveis para as famílias da região e contribuir para o equilíbrio ecológico.

Sustentabilidade na produção 

O Código Comum para a Comunidade Cafeeira, também conhecido como 4C, é uma associação formada por mais de 50 membros representantes dos mais importantes órgãos dentro da comunidade cafeeira mundial. Trata-se de uma iniciativa aberta, baseada no mercado, que visa promover e incentivar a sustentabilidade na cadeia do café verde.

Os participantes da iniciativa cooperam para alcançar sustentabilidade na produção, no processamento pós-colheita e no comércio do café verde comum, ampliando as quantidades de cafés que reúnem os critérios básicos da sustentabilidade em suas três dimensões: social, ambiental e econômica.

Tendências gerais

Algumas tendências de mercado são:

  • Mercado de produtos orgânicos;
  • Fair Trade – movimento de consumidores dispostos a remunerar melhor os produtos que beneficiam as comunidades produtoras. Inclui a transparência de ganhos econômicos nas etapas da cadeia de valor;
  • Consumo de produtos locais;
  • Economia de Baixo Carbono – movimento dos consumidores que buscam privilegiar o consumo de produtos com menor “pegada de carbono”;
  • Denominação de Origem – tendência de mercado que remunera, de maneira diferenciada, produtos com uma certificação de origem reconhecida através de selo que assegura uma garantia de procedência;
  • Produtos da Agricultura Familiar – tendência de mercado que dá preferência a produtos de agricultores familiares;
  • Produtos Naturais – comercialização de produtos de origem animal, vegetal ou mineral que utilizam baixa quantidade de insumos químicos;
  • Processamento mínimo – tendência de mercado que remunera, de maneira diferenciada, produtos que sejam minimamente processados;
  • Turismo rural – demanda de vivência de estilos de vida e até de execução de atividades típicas do meio rural por cidadãos essencialmente urbanos.

Cafés especiais com design (em PDF)

Ideias de negócios
  • Diferenciais competitivos

O Sebrae tem dois estudos específicos para os empreendedores que desejam investir e atuar no mercado do café:

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: