APLICATIVO

Saiba como adaptar sua loja virtual para dispositivos móveis

Confira as dicas do Sebrae para otimizar o site da sua loja online e oferecer uma experiência melhor aos usuários que o acessam pelo celular ou tablet.

  • Adaptação da página

Nos últimos anos, o acesso aos celulares cresceu consideravelmente - e as vendas feitas por meio destes dispositivos acompanharam esse aumento. Além de um site atrativo visualmente, garantir uma boa experiência de navegação é fundamental. Para atender a essa demanda, existem soluções práticas, como ajustes no layout da página ou o desenvolvimento de aplicativos. Essas medidas tendem não só a otimizar o atendimento ao consumidor, mas também evitar que a loja perca compradores.

Oferecer sites adaptados para o consumo no smartphone deixou de ser um diferencial para as lojas virtuais e se tornou uma obrigação. 

Assista à série do Sebrae com 10 dicas para implementar um e-commerce de sucesso, com destaque para o tema “Mobilidade”

A seguir, confira algumas dicas para você adaptar a plataforma de seu e-commerce e garantir uma boa conversão de usuários a clientes:

Adaptação da página
  • Design responsivo

Sites incompatíveis com telas menores comprometem a navegação do usuário e podem fazem o cliente desistir da compra ainda no meio do processo. Em parte, isso se deve à baixa qualidade da conexão oferecida pelas operadoras de telefonia e à variedade de sistemas operacionais dos smartphones.

Mas, independentemente da velocidade do acesso, ninguém gosta de ver imagens e textos minúsculos, muito menos ter que redimensionar a página a cada clique.

Para descobrir se o seu site de e-commerce é de fácil navegação, você pode fazer um teste no seu próprio smartphone: se a página abrir rapidamente, de maneira adequada à tela do telefone e com as informações dispostas de maneira clara, ele está apto para ser acessado pelos dispositivos móveis.

Se, por outro lado, ele aparece como uma miniatura (uma réplica do que aparece no computador) e você precisa redimensioná-lo diversas vezes para achar o que procura, é sinal de que você precisa otimizar o seu site.

Esse tipo de teste, no entanto, é bastante limitado: a usabilidade de um site pode variar conforme a qualidade da internet ou do sistema operacional, como comentamos antes. Por isso, aposte em mais ferramentas como um complemento.

O Google, por exemplo, disponibiliza ferramenta para analisar o quanto uma página se adapta a dispositivos móveis. Além disso, aponta o que deve ser melhorado para o site ser mais amigável. Clique aqui e confira!

Existem também outras plataformas online para que você faça testes. Basta digitar o endereço do site para que ele seja avaliado:

  • Mobile Phone Emulator: permite visualizar o site em telas de diversos modelos de celulares.
  • iPad Peek: mostra como o site aparece em iPads e iPhones.
  • Screenfly: faz o teste do site em várias telas e resoluções de qualidade.

Design responsivo
  • Adaptação da página
  • Aplicativos mobile

Para tornar o site mais amigável e atender as demanda dos seus clientes, a solução mais adequada está no chamado design responsivo. Essa é uma tendência que vem se consolidando entre as empresas de e-commerce.

Um site responsivo adapta-se automaticamente ao dispositivo do usuário, melhorando a experiência de navegação. O desafio é possibilitar que a experiência do consumidor, ao realizar compras pelo celular, seja tão fácil quanto no computador. Assim, ele tem mais chances de concluir a compra com sucesso e voltar à sua loja mais vezes.

SEO
Além da experiência do usuário, ter um site responsivo também ajuda o seu site a ser encontrado mais facilmente nos mecanismos de busca. O Google, por exemplo, prioriza páginas com layouts que se adaptam a dispositivos móveis.

Aplicativos mobile
  • Design responsivo

Embora a aplicação do design responsivo faça a navegação da página ser toda repensada, ele é mais fácil de implementar e manter. Mas, criar um aplicativo mobile pode ser uma opção para lojas que já tem uma base grande de clientes fidelizados. Com o app, a loja consegue oferecer uma experiência ainda melhor do que o site, além de acompanhar o cliente onde ele for.

Colocando em prática

Para adaptar a loja online, você deve contratar profissionais da área de tecnologia. Além de conhecimento em programação, a execução desse trabalho pode ser bem sucedida se você unir sua criatividade e conhecimento de comércio eletrônico ao trabalho dos especialistas em TI.

Lembre-se: a página deve funcionar de maneira intuitiva, sem que o cliente precise pensar em como utilizá-la. Também atente-se para o fato de que o acesso por meio de dispositivos móveis é menos preciso porque ocorre pelo toque dos dedos. Isso exigirá que links e botões sejam bem distribuídos - do contrário, o usuário poderá selecionar algum deles por acidente.

Coloque-se, ainda, no lugar do cliente e faça inúmeros testes, em diferentes plataformas e dispositivos. Se o seu site passar em todos, ele está pronto.

Saiba mais

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: