Avaliar a atratividade de uma empresa é importante para fomentar as decisões sobre investimentos e novos projetos. Conheça alguns parâmetros-chave.

O conhecimento de alguns aspectos da vida das empresas deve permitir a avaliação do grau de atratividade do empreendimento, subsidiando a decisão do futuro empresário na escolha do negócio que pretende desenvolver.

Aprender a analisar cenários e conhecer os riscos que o negócio enfrenta e assim criar estratégias e alternativas de atuação no mercado que favoreçam o negócio é uma parte importante do plano de negócios. Veja o vídeo a seguir e entenda um pouco mais sobre essa ferramenta importante.

Os riscos

Basicamente, os riscos do negócio referem-se aos aspectos descritos a seguir.

Sazonalidade

Caracteriza-se pelo aumento ou redução significativos da demanda pelo produto, em determinada época do ano. Os negócios com maior sazonalidade são perigosos e oferecem riscos que obrigam os empreendedores a manobras precisas. Quando em alto grau, considera-se fator negativo na avaliação do negócio.

Efeitos da economia

A análise da situação econômica constitui questão importante para a avaliação da oportunidade de negócio, já que alguns são gravemente afetados, por exemplo, por economias em recessão.

Controles governamentais

Setores submetidos a rigorosos controles do governo, nos quais as regras podem mudar com frequência, oferecem grande grau de risco e são pouco atraentes para pequenos investidores.

Existência de monopólios

Alguns empreendimentos podem enfrentar problemas por atuar em áreas em que haja monopólios formados por operações que dominam o mercado, definindo as regras do jogo comercial. No Brasil, a comercialização de pneus, produtos químicos em geral e tintas constitui exemplo de segmentos monopolizados.

Setores em estagnação ou retração

Nesses setores, há procura menor que a oferta de bens/serviços, o que torna a disputa mais acirrada. Nas épocas de expansão e prosperidade de negócios, ao contrário, novos consumidores entram no mercado, promovendo a abertura de novas empresas.

Barreiras à entrada de empresas

Obstáculos relacionados com:

  • Exigência de muito capital para o investimento; 
  • Alto e complexo conhecimento técnico; 
  • Dificuldades para obtenção de matéria-prima; 
  • Exigência de licenças especiais; 
  • Existência de contratos, patentes e marcas que dificultam a legalização da empresa.
Fonte: Sebrae Nacional - 21/09/2016