LIQUIDEZ

Entenda o que é factoring

Voltada para pequenas e médias empresas, a operação caracteriza-se pela aquisição de direitos creditórios de contas a receber a prazo por um valor à vista.

Objetivo
  • Operação

Factoring (fomento mercantil ou comercial) é uma atividade comercial caracterizada pela aquisição de direitos creditórios, por um valor à vista e mediante taxas de juros e de serviços, de contas a receber a prazo.

Ela possibilita liquidez financeira imediata para micro e pequenas empresas, e não deve ser confundida com a operação praticada pelos bancos.

O factoring surgiu com o objetivo de:

  • Congregar todas as pessoas jurídicas que se dediquem às atividades de fomento mercantil.
  • Difundir e valorizar o fomento mercantil como atividade geradora de riqueza.
  • Representar e defender os interesses do fomento mercantil, atuando, para esse fim, junto aos poderes públicos – federais, estaduais e municipais e entidades do setor privado.
  • Estimular o desenvolvimento e aprimoramento tecnológico do fomento mercantil, buscando difundi-lo no segmento das pequenas e médias empresas, por meio de cursos e seminários.
  • Celebrar acordos e convênios de colaboração técnica ou de prestação de serviços com entidades públicas ou privadas.
  • Firmar alianças e parcerias de interesse.
  • Defender os interesses das empresas associadas.
  • Orientar e preservar o segmento do fomento mercantil dentro da legalidade.

A Associação Nacional de Fomento Comercial (Anfac) atua na construção de um marco regulatório com base nas experiências obtidas no mercado, destinado a manter a estabilidade institucional e a segurança jurídico-operacional com todas as medidas cabíveis para evitar conflitos de interesses e garantir o nível de profissionalismo da atividade.

Operação
  • Objetivo

A operação de factoring deve ter como característica a continuidade e a conjugação de alguns desses serviços ou atividades:

  • Prestação de serviços a pequenas e médias empresas do setor produtivo: acompanhamento comercial e das contas a receber e a pagar; exame da situação creditícia da empresa compradora dos produtos; seleção e avaliação de fornecedores; cobrança; outros serviços.
  • Suprimento de recursos: a empresa-cliente poderá ceder à empresa de factoring, no todo ou em parte, direitos (créditos) decorrentes de contratos de venda de produtos (venda mercantil), excluídas as transações de consumo.
  • Proteção contra a falta de pagamentos pelos devedores.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: