INOVAÇÃO

Programa Nexos

O foco é contribuir para a inovação e ampliação da competitividade conectando pequenas e grandes empresas.

  • Como funciona o programa

É uma estratégia de atuação em rede que tem como objetivo apoiar a conexão entre startups com grandes e médias empresas, visando a geração de negócios e desenvolvimento de novas tecnologias.

Público-alvo

  • Pequenos negócios inovadores
  • Grandes e médias empresas
  • Habitats de inovação – incubadoras e aceleradoras

 

Diferenciais para os participantes

Para os pequenos negócios inovadores

  • Acesso a mercado
  • Acesso a recursos financeiros para desenvolvimento tecnológico
  • Suporte técnico e gerencial de ambientes de inovação
  • Mentorias especializadas

 

Para as médias e grandes empresas

  • Acesso a uma rede qualificada de pequenos negócios inovadores
  • Conversão de impostos em inovação
  • Potencialização dos investimentos por meio da complementação de capital financeiro, econômico e recursos humanos
  • Mitigação dos riscos no uso dos instrumentos fiscais de apoio à inovação

 

Para os habitats de inovação

  • Integrar uma rede nacional de inovação
  • Aquisição de receita recorrente, contribuindo para a implementação de novos serviços de alto valor agregado para o mercado
  • Conhecimentos avançados sobre a utilização de instrumentos fiscais de apoio à inovação

Como funciona o programa
  • Estrutura do programa

1) A grande e média empresa realizará o aporte financeiro, por meio de instrumentos fiscais de apoio à inovação, com a finalidade de viabilizar a realização e execução de projeto de pesquisa, desenvolvimento e inovação para aprimoramento de novos produtos tecnológicos pelos pequenos negócios.

2) A grande e média empresa oferecerá acesso à sua estrutura produtiva, comercial ou operacional aos pequenos negócios, bem como apoio técnico para o desenvolvimento de novos produtos tecnológicos.

3) Os ambientes de inovação habilitados pelo programa disponibilizarão infraestrutura operacional e apoio técnico-jurídico aos pequenos negócios desenvolvedores das soluções tecnológicas.

4) O Sebrae e a Anprotec serão responsáveis por coordenar e monitorar, de maneira sistêmica, as atividades desenvolvidas no âmbito do Programa, bem como tomar as medidas necessárias para garantir resultados exitosos para o público alvo.

Estrutura do programa
  • Como funciona o programa
  • Inscrições

O Programa Nexos é divido por ciclos ou gates que acontecerão de maneira periódica e poderão se adaptar de acordo com a demanda e objetivos das Médias e Grandes empresas parceiras. De maneira geral, o Programa é composto por até cinco gates para sua execução completa:

Detalhamento da estrutura

Gate 1 – Prospecção e alinhamento com grandes e médis empresas

  • Definição dos objetivos e diretrizes do projeto de inovação aberta da Média ou Grande empresa
  • Definição das demandas tecnológicas e requisitos técnicos
  • Preparação da Média ou Grande empresa para conexão com pequenos negócios inovadores
  • Lançamento de desafios de inovação para o mercado

Gate 2 – Seleção e Matchmaking

  • Divulgação do desafio de inovação e mobilização dos ecossistemas de inovação
  • Seleção dos pequenos negócios inovadores
  • Matchmaking e Demoday

Gate 3 – Preparação dos pequenos negócios

  • Capacitação empresarial (gestão de negócios e inovação)
  • Mentoria e Coaching (inteligência de mercado)

Gate 4 – Desenvolvimento e aprimoramento tecnológico

  • Apoio a elaboração de projeto tecnológico
  • Captação de recursos para P&D e prototipagem
  • Acesso à serviços tecnológicos e jurídicos
  • Laboratórios de experimentação e co-desenvolvimento

Gate 5 - Follow-up

  • Acompanhamento e monitoramento dos projetos de inovação
  • Workshop de compartilhamento de resultados
  • Elaboração e disseminação de casos de sucesso

Instrumentos Fiscais de Apoio à Inovação priorizados neste Programa

Este Programa prioriza a utilização intensiva de Instrumentos Fiscais de Apoio à Inovação, fundamentados na legislação vigente e amparados especialmente pela Lei da Inovação (Lei 13.243/2016):

a) Lei da Informática (Leis 8.248/1991 e 8.387/1991): destinado a todas as empresas de hardware e automação que: A) Investem em Pesquisa e Desenvolvimento, B) Comprovem regularidade fiscal, e C) Sejam produtoras de itens eletro-eletrônicos incentivados pela Lei.

b) Lei do Bem (Lei 11.196/2005): destinado a empresas de todos os setores da economia visando o desenvolvimento de sua capacidade técnico-produtiva e o aumento do valor agregado da produção de bens e serviços, de forma multissetorial;

c) P&D ANEEL (Lei 9.991/2000): destinado às concessionárias de serviços públicos de distribuição, transmissão ou geração de energia elétrica, as permissionárias de serviços públicos de distribuição de energia elétrica e as autorizadas à produção independente de energia elétrica, para promover a cultura da inovação, estimulando a pesquisa e desenvolvimento no setor elétrico brasileiro, como regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica;

d) P&D ANP (Lei 9.478/1997): destinado às concessionárias dos contratos para exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural com o objetivo de estimular a pesquisa e a adoção de novas tecnologias para o setor, como regulamentado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.

Inscrições
  • Estrutura do programa

Regulamento Programa Nexos

Formulário de inscrição (Médias e Grandes Empresas)

Formulário de inscrição (Ambientes de Inovação)

*As inscrições dos pequenos negócios inovadores serão realizadas somente após o lançamento de desafios tecnológicos promovidos pelas médias e grandes empresas.

 

Para dúvidas e demais informações, envie um e-mail para nexos@sebrae.com.br.

 

Operação:

Realização:

 

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: