CAPITAL HUMANO

Como as diferentes gerações encaram o ambiente profissional

Os comportamentos de cooperação e competição entre as gerações nos ambientes de trabalho foram motivo de estudo e dissertação.

As relações de trabalho vêm apresentando novas configurações, especialmente no que tange ao perfil dos profissionais que compõem os ambientes e o mercado de trabalho, disputado por quatro gerações distintas de trabalhadores:

  • Tradicionais
  • Baby Boomers
  • Geração X
  • Geração Y

Todas elas competem por posições nas empresas, tendo cada uma atitudes, expectativas, hábitos e comportamentos diferentes.

Compreender essa diversidade e minimizar os possíveis conflitos tem sido um dos grandes desafios enfrentados pelos gestores que buscam criar ambientes cooperativos que estimulem os indivíduos a coordenar esforços, compartilhando informações com vistas ao alcance dos objetivos organizacionais.

O principal propósito do estudo "Os comportamentos de cooperação e competição entre as gerações nos ambientes de trabalho" foi identificar as possíveis relações entre os comportamentos cooperativos e competitivos observados nas gerações hoje ativas no mercado de trabalho, em especial as Baby Boomers, X e Y.

Para tanto, os participantes responderam um questionário que expressam situações vivenciadas pelos indivíduos tanto no âmbito organizacional quanto social. Os dados foram analisados segundo modelo log-linear dada sua eficiência em descrever as possíveis relações envolvendo duas ou mais variáveis qualitativas, simultaneamente. 

Baixe o estudo "Os comportamentos de cooperação e competição entre as gerações nos ambientes de trabalho"

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: