CULTURA DA COOPERAÇÃO

Conheça a cultura da cooperação e descubra como ela atua

Saiba quais são os princípios e valores da cooperação, além de entender como a competição pode ser algo benéfico no cooperativismo.

A cultura da cooperação é uma ideia nova e que se baseia em um relacionamento de interdependência entre pessoas com diferentes potencialidades, com o objetivo de alcançar um bem comum. Estabelecer uma relação de convivência e confiança, sendo assim, é fundamental.

No meio empresarial, a cooperação é pautada por uma busca de mais representatividade no mercado, de melhoria na governança da cadeia produtiva e de aumento da competitividade dos negócios envolvidos. Cooperar significa, portanto, criar um meio para alcançar um objetivo comum. E, para isso, é preciso trabalhar em conjunto.

Mas a cooperação conta ainda com outro lado: o da competição. Embora essa palavra possa ter até mesmo uma conotação que sugira algo negativo, ela é fundamental para a sobrevivência dos pequenos negócios no mercado. Assim, o que a princípio parece um contrassenso torna-se um importante meio de  sobrevivência  ou  crescimento  no  ramo  dos  negócios,  principalmente  para os pequenos negócios.

 

A cultura da cooperação baseia-se em um relacionamento entre pessoas com diferentes potencialidades, com o objetivo de alcançar um bem comum.

Associar-se a outras organizações facilita que os empreendimentos alcancem seus objetivos, o que não seria possível se atuassem isoladamente. Em conjunto, há ampliação do acesso aos mercados, aumento do poder de compra e venda, redução de custos, entre outros.

A  cooperação  está  cada  vez  mais  presente  nas  discussões  e  debates  de alternativas  para  acelerar  o  desenvolvimento  econômico  e  social  dos países como parte da solução para diversos problemas.

Nesse  contexto,  a  cooperação  entre  as  empresas  tem  se  destacado como um meio capaz de torná-las mais competitivas. Fortalecer o poder de  compras, compartilhar  recursos,  combinar  competências,  dividir  o  ônus  de  realizar  pesquisas  tecnológicas,  partilhar  riscos  e  custos  para  explorar novas oportunidades, oferecer produtos com qualidade superior e  diversificada  são  estratégias  cooperativas  que  têm  sido  utilizadas  com  mais frequência, anunciando novas possibilidades de atuação no mercado.

Identificar e estabelecer os princípios e valores que norteiam a conduta das pessoas que empreendem coletivamente não é tarefa fácil. É necessário muito diálogo para definir qual ética de trabalho prevalecerá, além da necessidade que gestores e funcionários envolvidos na associação a internalizem para que mudanças ocorram.

A cultura da cooperação também foi tema da série Empreendimentos Coletivos do Sebrae. Clique no botão abaixo e acesse já!

Baixar a publicação "Cultura da cooperação" (em pdf)

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: