ASSOCIAÇÃO COOPERATIVA

Empresa de participação comunitária - EPC

A EPC reúne pequenos investidores que aplicam seus recursos na criação de novos negócios ou na capitalização dos já existentes.

A cooperação entre as empresas tem se destacado como um meio capaz de torná-las mais competitivas.

O modelo de Empresa de Participação, já utilizado entre grandes empreendimentos por meio das sociedades anônimas (SA), é voltado para investimento em negócios que reúne investidores, que aplicam seus recursos na criação de novos negócios ou na capitalização dos já existentes. Via de regra, são conhecidas como holdings ou empresas-mãe.

Trata-se, ainda, de uma forma alternativa de aplicação de recursos, com possibilidades de ganhos acima da poupança, da renda fixa e de fundos em geral.

Com o tempo, micro e pequenos empreendedores foram descobrindo a possibilidade de utilização deste modelo para criar uma Empresa de Participação Comunitária (EPC), o que poderia servir como alternativa para a superação de dificuldades de uma comunidade e contribuir para o desenvolvimento local, além de ser uma oportunidade de investimento para pequenos poupadores.

O que é uma Empresa de Participação Comunitária

A EPC reúne pequenos investidores de uma comunidade ou setor empresarial, que aplicam seus recursos na criação de novos negócios ou na capitalização dos já existentes.

Geralmente é formada por pessoas jurídicas e físicas, tais como: empresários, técnicos, professores, estudantes, membros de entidades de classe e sindicatos etc.

Trata-se de um modelo de organização e investimento que facilita e democratiza a participação de pequenos investidores de uma comunidade ou ainda de um grupo empresarial em outros empreendimentos.

O termo comunitária, entretanto, não pode ser confundido com filantropia: toda a organização é voltada para investimento e geração de lucros. É uma forma associativista da qual podem participar dezenas ou centenas de interessados com a segurança e transparência que as atividades que envolvem recursos financeiros de várias pessoas exigem.

O modelo também apresenta vantagens para o desenvolvimento local, por meio da viabilização de negócios, abertura de novas empresas, geração de emprego e renda, qualificação de mão de obra, retenção de poupança local, enfim: geração de riqueza para a comunida

Nessa publicação, fique por dentro de tudo a respeito das Empresas de Participação Comunitária:

  • O que é uma EPC
  • As características específicas da EPC
  • As vantagens em se criar uma EPC
  • O embasamento legal
  • Como funciona uma EPC
  • Como constituir uma EPC

Baixar "Empresa de participação comunitária: série empreendimentos coletivos" (em PDF).

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: