COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR

Intraempreendedorismo e o novo modelo econômico

Democratização da atitude empreendedora: no intraempreendedorismo todo colaborador deve ser inovador, criativo, persuasivo e ousado. Descubra seu potencial.

Nunca se falou tanto em empreendedorismo como nos últimos anos. E por uma boa razão: porque a atitude empreendedora está intrinsicamente ligada à inovação, à coragem e à criatividade.

Este material analisa as vantagens e identifica quais ações facilitam a disseminação da cultura empreendedora, destacando também a importância do empreendedor corporativo no atual modelo econômico.

O diploma e as competências técnicas, exigidas principalmente no auge da era industrial, não são mais suficientes: é preciso que o colaborador tenha atitudes empreendedoras, ou seja, deve ser inovador, criativo, persuasivo e ousado.

Em contrapartida, as empresas também devem fazer sua parte, adotando práticas favoráveis à cultura empreendedora para proporcionar melhores condições aos empreendedores corporativos e reter o capital intelectual.

Estruturas burocráticas, arcaicas em determinados processos e hierarquizadas restringem o comportamento empreendedor dentro das empresas, exigindo principalmente dos líderes novas posturas no ambiente empresarial.

Acesse o arquivo completo para entender o conceito de intraempreendedorismo, suas vantagens, desafios e aplicabilidade, explicadas com rigor e sustentadas por diversas referências bibliográficas sobre o assunto.

Acessar "Intraempreendedorismo e o novo modelo econômico: novos tempos, novos desafios" (em PDF).

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: