Como o Sebrae atua no
segmento de Economia Criativa

O mercado

Economia criativa é o conjunto de negócios baseados no capital intelectual e cultural e na criatividade que gera valor econômico.

A indústria criativa estimula a geração de renda, cria empregos e produz receitas de exportação, enquanto promove a diversidade cultural e o desenvolvimento humano.

A Economia Criativa abrange os ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que usam criatividade, cultura e capital intelectual como insumos primários.

Concretamente, a área criativa gerou uma riqueza de R$ 155,6 bilhões para a economia brasileira em 2015, segundo “Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil” (em PDF), publicado pela Firjan em dezembro de 2016.

Na ocasião, a participação do PIB Criativo estimado no PIB brasileiro foi de 2,64% em 2015, quando a Indústria Criativa era composta por 851,2 mil profissionais formais.

O Sebrae atua para transformar a habilidade criativa natural em ativo econômico e recurso para o desenvolvimento de negócios duradouros. E estimular modelos inovadores que desenvolvem a economia criativa brasileira.

Parcerias

O Sebrae atua em parceria com entidades representativas da Economia Criativa em âmbito nacional. As parcerias são negociadas e formalizadas conforme os normativos internos do Sebrae e a metodologia de gestão de projetos.

O Sebrae está presente em todos os estados e, mesmo que o seu estado não tenha projeto específico, há ações voltadas para o atendimento de empresários da Economia Criativa.

Conheça as entidades parceiras do Sebrae no segmento de Economia Criativa:

  • Apro - Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais.
  • Abragames - Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais.
  • Bravi - Brasil Audiovisual Independente.
  • ABMI - Associação Brasileira da Música Independente.
  • Ancine - Agência Nacional do Cinema.
  • Ministério da Cultura - (MinC).
  • BMA - Brasil music exchange.
  • BGD - Brasil Games Developers.
  • Brazilian Content.
  • BNDES - Cultura e economia criativa.

Áreas atendidas

Entre as prioridades para o sistema Sebrae estão as áreas:

  • Arquitetura
  • Artes visuais
  • Cinema
  • Televisão
  • Publicidade e outras mídias
  • Design
  • Games
  • Editoração
  • Música
  • Comunicação.

Os segmentos criativos podem ser alinhados de acordo com suas afinidades setoriais em quatro grandes áreas:

  • Consumo (design, arquitetura, moda e publicidade)
  • Mídias (editorial e audiovisual)
  • Cultura (patrimônio e artes, música, artes cênicas e expressões culturais)
  • Tecnologia (P&D, biotecnologia e TIC).

Os trabalhadores da indústria criativa possuem características semelhantes entre seus segmentos, com identificação de movimentos e tendências.

O Sebrae busca apoiar os negócios criativos da seguinte forma:

  • Formar e fortalecer redes de empreendimentos criativos
  • Atender demandas de mercado
  • Inovar em processos
  • Valorizar a identidade local
  • Disseminar novos modelos de negócios
  • Atrair investimentos em novos segmentos de mercado, gerando novas oportunidades de negócios
  • Incentivar negócios (dentro dos segmentos) e gerar inovações e diferenciais competitivos nas cadeias produtivas (por meio da transversalidade)
  • Promover a educação para as competências criativas por meio da qualificação de profissionais capacitados para a criação e gestão de empreendimentos criativos
  • Gerar conhecimento e disseminar informação sobre economia criativa
  • Identificar vocações e oportunidades de desenvolvimento local regional
  • Apoiar a alavancagem da exportação de produtos criativos
  • Apoiar a maior circulação e distribuição de bens e serviços criativos.

Estudos de mercado

Conheça publicações, estudos, vídeos e cartilhas para empreendimentos da Economia Criativa. As publicações são gratuitas e especialmente criadas para o segmento:



Nossas soluções

Conheça as soluções do Sebrae para a gestão de negócios criativos.

São palestras, cursos, oficinas, workshops e consultorias para disseminar o conhecimento de gestão a ser aplicado na indústria criativa.

Sebraetec

Negócios criativos estão sempre ligados à inovação. O Sebraetec é uma consultoria que identifica necessidades e prioridades para a sua atividade e está pronta para implementar soluções, em sete áreas de inovação.

  • Design
  • Produtividade
  • Propriedade intelectual
  • Qualidade
  • Inovação
  • Sustentabilidade
  • Serviços digitais

O Sebrae aproxima o seu negócio, que tem a necessidade de inovar, a empresas e instituições que dominam soluções em tecnologia para o que você precisa. E faz o acompanhamento para assegurar melhores resultados.

Saiba mais sobre o Sebraetec.

Ensino a distância

O EAD Sebrae oferece capacitação a distância, com cursos cobrindo os mais variados assuntos.

Os cursos estão organizados dentro dos temas cooperação, empreendedorismo, finanças, inovação, leis e normas, mercado e vendas, organização, pessoas e planejamento.

Acompanhe também encontros Papo de Negócios, oficinas por celular, ebooks, jogos, minicursos, podcasts e vídeos.

Escolha o seu curso no EAD Sebrae.

SEI

Se você é um Microempreendedor Individual, aprenda com especialistas a planejar, executar e tornar o seu negócio lucrativo. Conheça o SEI e saiba como:

  • Vender mais
  • Formar preço
  • Comprar
  • Unir forças para melhorar
  • Crescer
  • Controlar o dinheiro
  • Planejar
  • Administrar

Saiba mais sobre o SEI.

Empretec

Fortaleça o seu comportamento como empresário. Faça o o Empretec.

Conheça outras soluções do programa Na Medida para ampliar o alcance de seu empreendimento:

  • Planejamento estratégico
  • Marketing
  • Internet
  • Redes associativas

Saiba mais sobre o Na Medida.


Procure o Sebrae do seu estado e saiba o que podemos fazer por você e sua empresa.

Fonte: Sebrae Nacional