GESTÃO DE PRODUTO (INOVAÇÃO)

Mude

Acompanhando as mudanças do mercado

Está difícil administrar sua empresa? Então mude.

Se a forma de gerir que você escolheu não está dando resultado, é preciso avaliar. Administrar uma empresa não é fácil, não importa o tamanho dela. São muitos detalhes e nuances que podem fazer a diferença entre ter ou não sucesso em seu meio.

Toda empresa, como um ser vivo, como você, precisa manter hábitos saudáveis, para que seus processos sejam realizados da melhor maneira possível. Sem planejamento, sem organização, em disciplina, todo seu investimento vai por água abaixo, muitas vezes investimentos de anos de seus antecessores. E de quem é a responsabilidade? De quem gerencia a empresa. E você? Então fique de olho no que seu modelo de gestão pode estar causando a si mesmo e aos outros.

Mas como mudar seu modelo de gestão? Não é da noite para o dia e vai depender de um esforço gigantesco em abrir mão do que deu certo no passado para agir com inovação no presente. Os bons resultados de ontem já passaram. Nada do que você viveu em saudosas épocas será o suficiente para lhe garantir sucesso na gestão atual, no momento presente. Ontem o imponderável e o incontrolável são fatores que interferem no processo de gestão.

Há gestores medrosos, acovardados e cheios de receios. Há também os inconsequentes, aventureiros e desprovidos de qualquer orientação, de um plano d de negócio, por exemplo, para atuar em ambientes hostis ou em épocas conturbadas. Há os estrategistas, pacientes, focados que acabam atuando em espaços deixados por aqueles que não sabem gerir. Você se enquadra em qual perfil?

Quero compartilhar com você minha experiência e lhe ajudar a mudar seu modelo de gestão, caso necessite e se permita. Vamos lá?

Seja empreendedor – Muitos confundem empresário com empreendedor. Há empresários que jamais serão empreendedores, como há empreendedores que não precisam ser empresários. Mas para ser um empresário de sucesso, de referência, de ação, de resultados, precisa empreender.

O empreendedor é acima de tudo um sonhador, uma pessoa que desperta em si a energia e assume o trabalho necessário para vencer no meio em que competirá. Quando você entrar de cabeça no ramo, precisa deixar o seu lado empreendedor vir à tona. Você é o responsável pela empresa e precisa assumir o posto com todos seus encargos e seu ônus. Tenha uma visão ampla, holística e sem conceitos preconcebidos.

Planeje e defina metas – Para muitos empresários o planejamento é uma etapa desnecessária. Já ouvi muitos afirmarem que “planejar é uma perda de tempo”. Eu vou além: não planejar é perder dinheiro e deixar a vida da empresa se esvair... É indispensável fazer um planejamento estratégico para qualquer negócio ter sucesso. É através dele que você vai atingir o propósito ou alvo que determinou em um certo período de tempo, visando uma situação melhor.

Não se esqueça de definir metas claras com seu time colaboradores. Além de definir comunique de forma que todos possam ver e contribuir.

Que tal um sistema de gestão? – No mercado há muitos sistemas que podem ajudar sua pequena empresa, muitos gratuitos.

Sem comunicação você tá fora – Comunicar não é gastar rios de dinheiro, é aplicar recursos certos nos meios certos. Comunicar é falar a coisa certa para o público certo pelo meio adequado.

E o marketing, como vai? – Tenha sempre seu plano de marketing atualizado. É ele que lhe ajudará, também a conquistar bons resultados, mas precisa ser claro e exequível. 

Como estão seus controles? - Sem não sabe controlar, você não sabe gerir. Controle aqui não tem relação com domínio completo dos processos, mas com o entendimento. Dominar não é controlar. Controlar é entender cada etapa de um processo. Por exemplo, um bom gestor precisa ter amplo controle do desempenho do seu negócio e dos seus colaboradores. A criação de indicadores e sua análise constante são essenciais para garantir uma excelente gestão

Olho nas finanças – Nem tudo que reluz é outro. Faturamento alto não é lucro. Controle seus processos de entrada e saída de recursos. Há empresários que acreditam que o aumento nas vendas é algo tão extraordinário que consideram-se ricos. Calma. Dinheiro não leva desaforo para casa. Foco nos resultados, controle nos processos financeiros e nada de exageros nas finanças.

Promova a qualidade de vida – Realize ações que garantam o bem estar dos seus funcionário, contribuindo para manter sua equipe satisfeita e produtiva. Além dos benefícios exigidos pela legislação, procure investir em conforto, áreas de convivência e até confraternizações esporádicas. Criar um local mais participativo e integrado pode ser primordial para deixar a motivação sempre do jeito que se espera.

Seja útil para sociedade e para o meio ambiente  – Sua pequena empresa pode também fazer a diferença no mundo. O uso de produtos que não poluam o ambiente, substituição de copos plásticos por canecas, redução do consumo de égua e energia por meio da conscientização e modernização dos processos são atitudes que farão da sua empresa responsável pelo ambiente onde atua. Estimular os funcionários a doação de sangue, ações que promovam o auxílio ao próximo, como oferta de presentes para crianças carentes ou visita a abrigo de idosos são igualmente importantes e estimulantes para você e sua equipe.

Como foi dito no título deste artigo, se gerir tá difícil, é fundamental olhar para dentro de seus processos, pedir ajuda a profissionais especializados e mudar. A mudança não está fora, está dentro de você. Como disse Gandhi: “Seja a mudança que você quer no mundo”.

Marcos Alencar

Mestre em Comunicação Social e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Gerente de Relacionamento Empresarial do Sebrae Alagoas 

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: