ATITUDE EMPREENDEDORA

Empresa Júnior – o que é? E como funciona?

Saiba porque é cada vez mais importante investir em empresas júnior nas universidades, e o incentivo dessa modalidade na vivência profissional.

Empresa Júnior é uma associação civil sem fins lucrativos, formada e gerida por alunos de um curso superior, cujos principais objetivos são:

  • Fomentar o aprendizado prático do universitário em sua área de atuação;

  • Aproximar o mercado de trabalho das academias e os próprios acadêmicos;

  • Gerir com autonomia em relação à direção da faculdade ou centro acadêmico;

  • Elaborar projetos de consultoria na área de formação dos alunos.


As Empresas Juniores contemplam as necessidades de três clientes principais:

Primeiro

Os alunos: Que se utilizam da interação entre os membros da empresa e da troca de conhecimento e experiências para se desenvolverem pessoal, profissional e academicamente.

Segundo

As empresas: Que se beneficiam com os projetos desenvolvidos pelos alunos, cujas características são a alta qualidade dos trabalhos, garantida pela orientação dos professores, e o baixo investimento, uma vez que as empresas juniores não visam o lucro.

Assim, as empresas conseguem bons projetos a um custo muito baixo.

Terceiro

As universidades: Que são favorecidas pelo retorno em imagem institucional, garantido pela divulgação que as Empresas Juniores necessariamente fazem ao seu nome.

As Universidades que investem nas Empresas Juniores tem o retorno de imagem e, também, um retorno no que diz respeito à atração de novas parcerias, alunos e clientes (no caso de prestação de consultorias etc).

 Como funciona

Todo aluno que desejar ingressar em uma empresa júnior deverá participar de um processo seletivo que consiste, basicamente, em prova de conhecimentos gerais, entrevista, redação, dinâmica de grupo etc. 


Essas etapas variam de empresa para empresa, mas seguem basicamente o mesmo escopo geral. Sempre contando com a dedicação e comprometimento dos alunos em contribuir com o crescimento e desenvolvimento da empresa, por isso o Marketing Pessoal também é importante.

Por que optar por uma Empresa Júnior?

A empresa júnior contribui ativamente para o desenvolvimento da sociedade a qual está inserida, oferecendo serviços de baixo custo para a comunidade local.

Montar uma associação desse tipo na sua universidade ou escola técnica depende de alguns fatores importantes.

Como montar uma empresa Júnior

Crie um documento contendo tais informações:

  • Projeto;

  • Plano de negócio;

  • Membros da equipe;

  • Crédito financeiro e;

  • O que vocês desejam da instituição de ensino.

Crédito e receita

Toda empresa precisa de capital e investimento para iniciar com o seu projeto, neste caso o crédito disponível também é essencial para o andamento do negócio. Este tipo de empresa poderá contar com a doação de instituições governamentais ou não governamentais como:

  • Empresas,

  • Agências,

  • Convênios,

  • Contratos firmados com o poder público,

  • Herança,

  • Doação por parte de organizações civis,

  • Rendimento de aplicações e outros.

Montar uma empresa júnior é o primeiro passo para aprender sobre a abertura de uma empresa formal no mercado.

A grande vantagem desse formato é que o investimento feito é mínimo e todos os envolvidos têm a oportunidade de aprender a administrar de uma maneira descomplicada.

Com o tempo, se a empresa júnior crescer de forma saudável e sustentável, é possível criar uma empresa formal que gere benefícios para a sociedade e renda para os profissionais envolvidos.

Empresa Júnior se apresenta como uma excelente alternativa para alicerçar uma revolução em toda a metodologia de ensino superior do Brasil e do mundo.

Substitui arraigados paradigmas, rumo à uma política de completo incentivo ao empreendedorismo acadêmico.

Onde a sua empresa júnior quer chegar?

Análise esses oito pilares:

 

  • Sustentabilidade financeira;

  • Efetivação de negócios;

  • Execução da estratégia;

  • Rotatividade dos membros;

  • Crescimento no número de projetos;

  • Faturamento por membro;

  • Satisfação dos membros e satisfação dos clientes.

O primeiro passo para o desenvolvimento de um planejamento estratégico condizente com a realidade da empresa é a definição palpável do objetivo final da Empresa Júnior, ou seja, respondendo essas perguntas ficará mais fácil entender o objetivo da empresa.

  • Qual é o grande sonho dos membros?

  • Onde eles querem ver a empresa dentro de alguns anos?

  • Qual o motivo da existência da empresa?

  • O que move os membros a cada dia na realização das atividades?

Estas são perguntas que auxiliam a entender a realidade de fato da empresa, sem que haja nenhum tipo de máscara sobre o que realmente é encontrado no dia a dia e é a partir destas perguntas que será possível entender qual será o objetivo final a ser perseguido, montando o seu planejamento estratégico.

Por Maikon Richardson

Especialista em Gestão de Pequenos Negócios

Clique aqui e Fale com um Especialista

 

 

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: