DIFERENCIAÇÃO

Saiba o que é e como fazer excelente benchmark

Entenda como funciona, o que é, e os objetivos de trabalhar o benchmark na sua empresa.

Existem muitas empresas no mercado com:

  • Objetivos;

  • Produtos, e;

  • Serviços.

Parecidos com os que sua empresa oferece, não importa o ramo do seu negócio, provavelmente haverá empresas concorrentes como a sua e, por isso você precisa destacar-se da concorrência, para isso acontecer, é preciso que você entenda o que já foi feito em seu negócio, o que ainda precisa ser feito  e como você pode fazer inovar ainda mais.

O que é benchmark?

A prática benchmark, ela se dá pela busca das melhores referências e práticas que são realizados pelo mercado, no caso, seus próprios concorrentes.

Objetivo

O objetivo do benchmark é melhorar a percepção do seu público em relação a sua marca é encontrar oportunidades para o seu negócio.

Entenda como funciona essa estratégia e saiba como fazer um benchmark na sua empresa!

Primeiro, iremos mostrar a você 4 tipos de benchmark mais comuns no mercado atual:

  • Passo a passo

1 - Benchmark de processos

processos da empresa. Podendo ser recolhido dados por meio de:

  • Visitas;

  • Pesquisas;

  • Entrevistas;

  • Eventos de networking e muito mais.

Assim, você pode identificar como a concorrência anda executando suas tarefas, essa é uma parte do processo muito importante para avaliar se há pontos de melhoria ou oportunidades na execução destas tarefas para sua empresa.

2 - Benchmark de métricas de desempenho

Neste segundo ponto, vale ressaltar que você poderá observar como a sua concorrência avalia o desempenho do seu negócio. Então, a partir disso, você começa a criar as próprias métricas de desempenho para sua empresa.

3 - Benchmark estratégico

Aqui, é a parte que se identifica quais as estratégias ganhadoras, que ajudaram as empresas concorrentes a chegarem no podium, de  onde estão classificadas no mercado.

A partir do benchmark estratégico, torna-se  possível a avaliação do que irá funcionar para seu negócio crescer e como poderá ser adaptado para sua empresa.

4. Benchmark funcional

O benchmark funcional tem como objetivo, a identificação das várias maneiras para o desenvolvimento das  atividades do cotidiano operacional do seu próprio negócio.

Agora é a hora de aprender a fazer um benchmark no meu negócio.

Passo a passo

Então, vamos ao passo a passo!

Primeiro, você tem que definir os  seus objetivos

Definir objetivos: você precisa antes de tudo, ter em mente, exatamente o que você vai ser analisado do seu concorrente e, o que pretende melhorar dentro da sua empresa, para depois começar a estudar de maneira correta e objetiva seus concorrentes.

Com esse preparatório antes, você poupará

  • Tempo, e;

  • Esforços desnecessários.

Focará apenas nos pontos que realmente são interessantes da concorrência.

Segundo, você tem que buscar as melhores referências de empresas no mercado

Como buscar as melhores referências: buscar as empresas que são destaques e que são de referências no mercado que se deseja analisar, é um ponto assertivo para quem quer aprender com a concorrência, já que vamos aprender com elas, que saibamos escolher as melhores. Você precisa entender como as empresas concorrentes alcançaram os objetivos, e dessa forma usar toda essa estratégia e conhecimento para dar o pontapé inicial para montar a base do próprio plano de ação da sua empresa

Terceiro, você precisará debater as lições que foram aprendidas com a concorrência

Discuta as lições aprendidas: o debate é um dos maiores benefícios benchmark, que estimula a discussão interna da empresa sobre as novas descobertas feitas durante toda a pesquisa realizada.

Compartilhar tudo o que já foi coletado com sua equipe, uma forma em que todos os seus colaboradores possam opinar e decidir juntos quais serão as melhores atitudes a serem tomadas para melhoria da empresa.

Quarto, você precisará antes de tudo, testar tudo que foi aprendido nas pesquisas

Teste tudo que aprendeu: nesta fase você coloca em prática toda pesquisa já foi realizada, essa é a hora de mostrar todo conhecimento que foi adquirido e colocar a mão na massa.

Faça testes rápidos com as ideias que foram geradas a partir do banchmark, montando um plano de ação. Essa será a maneira mais fácil para você ter a garantia de melhoria na empresa.

E por fim o quinto passo, é você fazer do benchmark uma atividade contínua

Uma atividade contínua: depois de toda essa análise feita pela sua empresa com a concorrência, estabeleça uma nova didática  dentro da sua empresa, com:

  • A prática de observar constantemente o mercado;

  • O que ele está fazendo de bom, diferente e inovador;

  • E, aprender com essas ações.

Dessa maneira sua empresa irá se inovar e manter-se em constante crescimento e evolução.

Se, sua empresa trabalhar de forma correta com o benchmark, ela sempre estará  aberta para aprender com suas próprias dificuldades e erros, assim, ela terá grandes melhorias com base no aprendizado com a sua concorrência.

Viu como é fácil aplicar o benchmark na sua empresa? Você entendeu como fazer um benchmark? O Sebrae está à disposição para ajudar da melhor forma você a melhorar o seu desempenho empresarial. Acesse o Portal Sebrae!

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: