Fotografia de alimentos

Fotografia de Alimentos

O objetivo é capacitar empresários de bares, restaurantes, lanchonetes e segmentos similares cadastrados no Projeto Alimentação Fora do Lar

Sobre o evento
  • Objetivo

O Sebrae, por meio do Projeto Alimentação Fora do Lar, oportunizou aos empresários amapaenses do setor culinário o Curso de Fotografia Gastronômica que foi realizado no período de  21/05 a 23/05/2018.

O curso foi inédito, mesclou aula teórica e prática e se apresentou como uma oportunidade para quem diariamente usa imagem para divulgar produtos nas redes sociais.

A fotografia de comida é muito peculiar e tem uma linguagem diferenciada, cada aula serviu para ajudar o participante a perceber essas nuances, treinar o olhar, além de receber dicas para conseguir bons resultados.

Objetivo
  • Sobre o evento
  • Mais Informações

O objetivo é capacitar empresários de bares, restaurantes, lanchonetes e segmentos similares cadastrados no Projeto Alimentação Fora do Lar, com dicas simples, fáceis e econômicas. Os empresários têm a chance de produzir fotos de qualidade dos pratos que criam, sem a necessidade de investir em equipamentos caros. O fotógrafo Alexandre Brito foi o profissional encarregado de ministrar a capacitação.

“A fotografia gastronômica é muito peculiar e tem uma linguagem diferenciada, cada aula irá ajudar o participante a perceber essas nuances, treinar o olhar, além de receber dicas para conseguir bons resultados. Uma foto não tem aroma e nem sabor, por isso as fotografias de alimentos têm grande importância na gastronomia, precisam ser visualmente atraentes e marcantes para estimular os outros sentidos de quem a observa. O curso mescla aula teórica e prática, direcionado para quem diariamente usa imagens de divulgação dos produtos nas redes sociais”, afirma a analista técnica do Sebrae no Amapá, Nelma Pires.

Diferencial

A capacitação contribui para empresários com experiência amadora e iniciante no mundo da fotografia, a melhorar a divulgação dos pratos que comercializam com fotos de qualidade desde a câmera profissional até a do celular pessoal.

Mais Informações
  • Objetivo

Programação do Curso

- Princípios gerais da Fotografia;

- Diafragma: o elemento que controla a quantidade de luz que entra na câmera;

- Obturador: o elemento que controla a velocidade de disparo da câmera;

- ISO: o recurso que controla a sensibilidade da câmera à luz;

- A importância de conhecer os tipos de iluminação:

1. Luz natural

2. Luz artificial contínua;

- Flash;

- Dicas fundamentais para fotografar alimentos;

- Que equipamentos e acessórios usar na fotografia de alimentos.

 

Ministrante

O fotógrafo Alexandre Brito

Ele possui experiência na área de Comunicação Social, atuando principalmente nos seguimentos de cinema, vídeo documentário, jornalismo impresso, vídeo e fotografia. Atualmente ocupa o cargo de Assessor de Comunicação do Instituto Federal do Amapá (IFAP), no Campus Macapá.

No currículo, o profissional detém graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Pará (Ufpa), Especialização em Artes Visuais pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/AP) e Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Entre 2009 e 2012, atuou como gerente do Museu da Imagem e do Som (MIS/Ap) entre 2009 e 2012. Foi cineclubista, fotoclubista e professor dos cursos de Comunicação Social da Faculdade Estácio Seama, no período de 2005 a 2014, além de tutor na Especialização em Artes Visuais do Senac/AP e ainda faz parte da coordenação do Festival Imagem-Movimento (FIM) desde 2004.

 

Por Nelma Silva Pires - Analista do Sebrae no Amapá



O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: