ATITUDE EMPREENDEDORA

Tem Amor no Arraiá!

Junho é uma época danada de boa e também de fazer muita coisa acontecer! Preste atenção nesse conto bem bonito de gente apaixonada e sonhadora. <3

Conheça!

Em uma comunidade cheia de gente sonhadora, que faz o que pode para ver a carroça andar (e bem bonitinha), acontece movimentos em unidade para promover a cultura empreendedora, parcerias, concretização de projetos e amor.

Preste atenção no conto recitado aqui! Ele fala sobre o que o mundo anda precisando, em tudo: o amor. Quando ele acontece no Arraiá, fica mais fácil de se apaixonar, e por que não inspirar?

Saiba quem faz parte dessa história

Cida

Essa é uma mulher sempre motivada e cheia de graça. Cozinheira de mão cheia e a dona de um bolo de milho que você não encontra em nenhum lugar. A fonte de renda dela é sua barraquinha de comidas e o cantinho preferido da comunidade!

 

Tião

Esse é um artesão de peças em couro muito “caprichoso”! Cada peça, seja da poltrona ao chaveiro de couro, tem um traço original que é só dele. E isso o diferencia bastante no mercado de Economia Criativa!

 

Dona Jô

Sabe aquele vestido de chita e aquela blusa quadriculada bem bonita? Os habitantes da comunidade compram lá no Ateliê da Dona Jô, uma costureira autônoma que trabalha à preço justo e prestativa que fideliza seus clientes pela qualidade e originalidade de cada peça.

 

 Miguel

O cuidado que esse florista tem com sua plantação é de se invejar (no bom sentido, claro). Por isso que é uma flor mais linda que a outra em sua banca. Seja pra decorar ou presentear, onde suas flores estão, o clima muda completamente. É inspiradora a transformação que ele faz através de cada flor que vende!

Criatividade é o forte do Zé! Quando menino, suas pipas eram as mais bonitas da comunidade e não tinha quem o vencesse nas competições. Pensa num menino arretado! Agora que cresceu, continua com a mente aberta para criar muita coisa boa, mas ainda não descobriu o que fazer para crescer na vida como ele sempre diz.

O Conto

Capítulo 1: Um atendimento encantador

Certo dia, Tião passava pela rua quando sentiu o cheirinho bom de bolo de milho que vinha da barraquinha da Cida e resolveu comprar um pedaço. Ele ficou impressionado com o atendimento que todos os clientes recebiam e, depois de um tempo, ele se tornou o cliente número 1.

De fato, o bolo de milho da Cida é de dar água na boca, mas para vendê-lo bem, assim como suas outras comidinhas, precisava aprimorar seu atendimento e foi isso que fez!

Você também pode desenvolver seu atendimento como a Cida fez através dos nossos cursos onlines e gratuitos:

Capítulo 2: Que presente especial!

Tião ficou tão encantado com o atendimento de Cida e tão apaixonado pelo tempero de suas comidinhas que virou o cliente número 1 da barraquinha dela.

Depois de muita convivência, Tião resolveu amolecer o coração de Cida e produziu uma linda peça em couro, que era a cara dela, e para completar envolveu em um pacote bem bonito e brilhoso.

Desenvolva você também sua empresa de artesanato através dos nossos cursos gratuitos e artigos do Portal:

Capítulo 3: Ô muié arretada!

Muita água rolou nessa história da paixão de Tião e Cida!

Dava pra ver que os dois foram feitinhos um para o outro, igual feijão e arroz num baião de dois. Cida, que era muito destemida e pra frente, chamou Tião para o forró. 

Pena (ou não) que Tião não sabia dançar nadinha e Cida teve que ensiná-lo como dançar um forrózinho a dois. Ela aproveitou a situação e pediu ele em casamento na mesma noite.

A comunidade ficou encantada com o pedido e decidiu preparar algo especial para o casal. Juntos, eles sabiam que poderiam presenteá-los de forma ainda mais especial. Foi quando surgiu uma visão de colaboração entre eles para realizar o Casamento Matuto em um Arraiá pra lá de arretado!

Assim como na comunidade, o Empreendedorismo Colaborativo está crescendo cada vez mais entre os pequenos empresários.

Faça como e aprenda como gerar renda através da colaboração:

Capítulo 4: O Amor tá no ar!

Todo mundo ajudou e compartilhou seus talentos e habilidades para fazer a coisa acontecer e a deixar a festa linda.

O que tem pinta de artista e é artesão decorou a festa com lindos balões de São João. A criatividade dele fez toda a diferença e acabou se encontrando na Economia Criativa!

Faça como ele e invista também na Economia Criativa:

A Dona Jô, que é toda mãezona e uma costureira danada de boa, fez o vestido mais lindo da região para a Cida e um traje todo estiloso para o Tião.

Você pode se inspirar na Dona Jô e otimizar sua empresa no segmento de Moda:

O florista Miguel aproveitou o casamento para planejar e investir em novos meios de ampliação dos seus negócios. Ele decorou o evento com lindas rosas e também fez o buquê de Cida com muito carinho. Ele tinha, de fato, as flores mais bonitas da cidade!

Já pensou em montar uma floricultura como o Miguel? Nós podemos te orientar!

Agora, se flores não são um mercado interessante para você, mas já identificou o ramo ideal, nós te contamos o verdadeiro segredo do sucesso da floricultura do Miguel: o planejamento! Desenvolva seu projeto da mesma forma que ele:

Conte Conosco!

Fale com um EspecialistaAtendimento AgendadoCentral de Relacionamento

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: