Planejamento

Oportunidades na folia

Conheça as dicas do Sebrae para quem quer aproveitar o Carnaval e faturar mais

  • Leia mais

De olho no Carnaval em Belo Horizonte, que em 2017 reuniu mais de 3 milhões de foliões, e que este ano já vem arrastando multidões nos ensaios dos blocos, mais de 9,5 mil ambulantes se cadastraram na prefeitura para aproveitar a folia e ganhar uma renda extra. Para esses empreendedores, a analista do Sebrae Minas Andreza Capelo destaca seis dicas para lucrar mais, com segurança e responsabilidade.

  • 1 – Planeje suas ações: invista em roupas e estruturas que destaquem você na multidão e faça com que os foliões consigam encontrá-lo. Vale estandarte, sombrinha, tudo o que permitir visibilidade. Seja bem criativo e, se possível, use algo chamativo e que seja alto o bastante para que as pessoas possam vê-lo.
  • 2 – Tenha cuidado com a higiene: a manipulação de bebidas e alimentos requer cuidados especiais. O ideal é se organizar e ter um ajudante. Assim, um serve o cliente e o outro manipula o dinheiro, evitando contaminação. Se não puder ter um ajudante, pense em como irá limpar suas mãos antes de pegar novamente nos produtos.
  • 3 – Fique de olho no caixa: onde há acúmulo de pessoas, há maior chance de furto. Então, combine com uma pessoa de confiança para recolher os valores recebidos até a metade do período de trabalho. Isso diminui as chances de uma grande perda. Retenha o necessário para o troco e controle bem o valor recolhido.
  • 4 – Aproveite e reponha o estoque: no horário marcado para a retirada, faça também uma reposição de estoque. Planejar essa reposição ao longo do dia permite que você não precise ter todo o estoque na rua. Facilita também a refrigeração necessária para alimentos e bebidas, por exemplo.
  • 5 – Ajuste o preço: Faça as contas com calma, antes dos festejos: qual o preço da mercadoria? Levante o valor gasto em embalagem, acondicionamento, uniforme ou roupa especial, estrutura, deslocamento, etc. Com base nessas informações, você terá uma ideia da meta a alcançar para o trabalho “valer a pena”. Mas lembre-se da lei de mercado: se o seu produto estiver mais caro que o dos concorrentes, será mais difícil vender. Considere também o movimento do dia para criar promoções.
  • 6 – Coloque a boca no trombone: em um ambiente com música e muito barulho, contar só com a garganta para anunciar o produto pode não ser tão convincente. Pense em tudo o que pode chamar a atenção do cliente e use! Apitos, matracas, tudo é válido no Carnaval. Se o ponto for fixo, use cartazes indicativos dos tipos de produtos e preços. E não se esqueça de deixar claro quais as formas de pagamentos serão aceitas.

Leia mais

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: