Franquias

Quer crescer compartilhando custos?

O modelo de franquia é ideal para quem precisa expandir os negócios com rapidez, mas não tem capital para investir sozinho

  • Leia mais

Você já percebeu oportunidades de mercado para sua empresa deslanchar, tem uma estrutura adequada para expandir e está preparado para os novos desafios. Tudo certo para lançar o barco no oceano de possibilidades.

Mas ainda não decidiu qual modelo de negócio pretende seguir. Na última edição do Sebrae Notícias falamos das vantagens e desvantagens de abrir outra unidade própria. Agora, vamos apresentar um panorama geral sobre o modelo de franquia.

Transformar sua empresa em uma rede de franquias consiste, essencialmente, em contar com empreendedores que compartilham do seu sonho e objetivos. Trata-se de um modelo de expansão que oferece muitas vantagens, sobretudo para os empreendimentos de pequeno porte, que raramente têm condições de crescer apenas com recursos próprios.

Das diversas vantagens oferecidas pelo modelo de franchising, as principais são agilidade e economia. Com franqueados comprometidos e um bom suporte oferecido pelo franqueador, é possível realizar o sonho de expansão em menos tempo. É bom lembrar que vários custos, como a locação de um ponto e as ações de marketing, são assumidos pelos franqueados ou divididos com o franqueador.

Confira outras vantagens do modelo de franquia:

  • Tranquilidade na administração: ao se tornar um franqueador, você não contará apenas com funcionários contratados, mas com empreendedores – donos de seus próprios negócios que, assim como você, investiram tempo e dinheiro. Ou seja, o comprometimento com os resultados é de outra ordem.
  • Aumento do poder de negociação: com novas unidades, o volume de compras será bem maior, o que permitirá a redução dos custos praticados por fornecedores.

E fique atento a alguns cuidados indispensáveis:

  • Ainda que o capital investido seja menor, a atenção dedicada a todo o processo deve ser total.
  • Cuide de preservar a cultura organizacional e acompanhar a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos e, claro, o atendimento.
  • Tenha muito cuidado em garantir a unidade da marca, que deve permanecer sempre a mesma, transmitindo os mesmos valores onde quer que esteja.

Como se vê, a franquia exige um sistema de gestão mais complexo. Isso sem falar que o franqueador fica exposto aos atos dos franqueados, inclusive do ponto de vista jurídico. Por isso, o sucesso desse modelo de negócio também depende do planejamento.

Transformar um negócio em rede de franquias exige metas muito bem estabelecidas, assim como o detalhamento dos caminhos para atingi-las. Não basta vender a franquia: é preciso assumir total controle dos processos, para conquistar a credibilidade da rede, além de acompanhar de perto o desempenho das unidades.

O Sebrae Minas dá todo o suporte para micro e pequenas empresas franquearem suas marcas. Procure a unidade do Sebrae mais próxima e informe-se a respeito do programa Minas Franquia.

Na próxima edição do Sebrae Notícias, vamos analisar o modelo de fusão e aquisição.

Leia mais



O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: