INOVAÇÃO

Conheça o Mínimo Produto Viável (MVP) e aplique no seu negócio

O MVP é um ótimo método para testar uma ideia e evitar desperdícios

Se você quer se lançar num novo projeto, mas, ainda não sabe como, o MVP é uma ótima opção. O Minimum Viable Product, no português, Mínimo Produto Viável, é uma metodologia que desenvolve protótipos dos produtos e serviços antes de serem lançados ao mercado.

 E por que isso é inovador?

O MVP, com o mínimo de investimento financeiro e de tempo, prevê os custos do produto/serviço finalizado e testa sua recepção no mercado com algumas pessoas que já representam o público-alvo. Isso faz com que os responsáveis pelo projeto recebam feedbacks e saibam como aprimorar e tornar o novo projeto ainda mais vendável, diminuindo significativamente as chances de fracasso após o real lançamento.

Para quem tem uma ideia para tirar do papel, mas, dispõe de poucos recursos, o método é essencial porque evita desperdício de dinheiro em um empreendimento. Startups são as que mais aproveitam o MVP, mas ele pode ser implementado em qualquer tipo de negócio: micro, pequeno, médio ou grande.

 Colocando em prática

1. Primeiro passo: Desenvolva sua ideia e a proposta de valor. Qual será o diferencial? O que o torna superior aos concorrentes? Por que o público compraria? Quais soluções ele traz?

2. Segundo passo: Teste a aceitação do público. Estabeleça o tempo que o teste durará e selecione as pessoas que se encaixam no público-alvo do real lançamento que acontecerá futuramente.

3. Terceiro passo: Hora de avaliar a receptividade dos consumidores e o sucesso da proposta de valor. Dentro da receptividade, recolher os feedbacks das pessoas que participaram do teste é essencial para saber o que pode ser melhorado.

4. Quarto passo: Adapte. Lembre-se que nem toda opinião deve ser seguida: filtre aquilo que se encaixa com os objetivos do seu negócio, o que realmente ajudará a trazer lucratividade. O MVP pode ser aplicado novamente após as modificações, mas é preciso ter atenção para não deixar passar o momento de lançar no mercado.

Depois das dicas, é hora de planejar o que é necessário para colocar seu projeto em prática.

Conte com ajuda do Sebrae em todos os momentos!

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: