CONSULTORIA EM INOVAÇÃO

Consultoria de Inovação: por que é importante para pequenos negócios?

Pequenas mudanças podem gerar valor para o seu cliente. O Sebrae/PE oferece soluções que apoiam os empreendedores na busca e implementação de melhorias

Vivemos hoje num mundo de mudanças cada vez mais aceleradas. Hábitos, cultura, tecnologia e outras variáveis modificam-se em ciclos cada vez menores e impactam o ambiente de negócios. De um lado, as forças de mudanças; do outro, a pressão cada vez maior da competição entre empresas. Neste contexto, empreendedores não têm outra saída para prosperar, a não ser a inovação e a capacidade de adaptação.

Querer melhorar e se diferenciar são atitudes essenciais num mercado com tanta oferta e com uma demanda cada vez mais bem informada e exigente. Se no passado empresas como a Ford prosperavam produzindo apenas um modelo de carro da mesma cor, hoje isto seria inconcebível.

Mas afinal, o que é mesmo inovar? Tudo começa a partir da criatividade. Do impulso de fazer diferente. Mas a criatividade por si só não é suficiente. É necessário o passo seguinte: implementar a ideia e vendê-la. Se uma invenção não encontra compradores no mercado, é um equívoco pensar em inovação apenas em termos radicais. As chamadas inovações disruptivas, aquelas que geram mudanças significativas no mercado, não são a única alternativa. É possível também fazê-lo de maneira incremental, ou seja, através de pequenas alterações que, em alguma medida, geram valor para o cliente.

A inovação sempre foi um mote importante para o Sebrae e está incutida na sua própria missão. Prova disso é o número cada vez maior de soluções em seu portfólio que apoiam os empreendedores na busca e implementação desta prática de melhoria. Uma delas é a consultoria Sebraetec.

O Sebraetec é uma solução que dá acesso a serviços em mais de 26 temas, tais como design, layout, qualidade, serviços digitais, eficiência energética, entre outros. Os serviços são executados por empresas parceiras, que passaram por um processo de habilitação prévia. Na prática, o empreendedor nos procura com sua necessidade e, em seguida, a colocamos no papel. A demanda é então classificada na área temática correspondente e submetida a um processo de concorrência ao qual terão acesso os fornecedores parceiros. Ao final de um prazo determinado, a concorrência é encerrada e a vencedora será a empresa que enviar a proposta de menor preço. Na sequência, o empreendedor é apresentado à proposta e à empresa vencedora numa reunião presencial. É neste momento que ele poderá esclarecer o que será feito, conhecer trabalhos anteriores do provedor e finalmente analisar se atendem à sua expectativa. Em caso positivo, o contrato é assinado e o cliente arca apenas com 30% do valor do serviço. Os outros 70% são pagos pelo Sebrae! Podem requerer esta solução empresas com CNPJ na modalidade Microempreendedor Individual (MEI), Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP). Para dar oportunidade ao máximo de empresas, o Sebrae limita a quantidade de Sebraetec por CNPJ em até três demandas por ano/calendário.

É uma oportunidade única de ter acesso a diversos prestadores de serviços num contexto de competição, por um valor subsidiado e com o monitoramento do Sebrae. Com tantas facilidades, deixar de inovar não é mais uma opção para o pequeno negócio. Com a ajuda do Sebrae e de sua rede de parceiros, agora é possível melhorar sua marca, seu produto ou seus processos com um investimento muito baixo.

*Por João Paulo Cunha, analista do Sebrae/PE (para a Revista Direção)

Saiba mais sobre o Sebraetec

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: