Empreendedorismo

Tradição e modernidade nos negócios

Empresa do Agreste pernambucano tem na renda renascença o principal insumo para a criação de produtos confeccionados com sucesso pela família há 24 anos.

Tradição aliada à inovação nos produtos. Este parece ser o segredo do negócio bem-sucedido da empresa familiar Noemy Confecções, situada em Poção, no Agreste pernambucano, aproximadamente a 240 km do Recife. A empresa produz 85 mil peças por mês em renda renascença, com produtos de cama, mesa, banho, decoração, vestuário e infantil, além de 50 mil peças por mês de lacê - fita utilizada na confecção da renda renascença, artigo no qual são pioneiras no estado, segundo a empresária Cida Gomes, que junto com sua filha Noemy Rutty, inspiradora do nome do negócio, é responsável pelo sucesso da empresa.

No entanto, as empresárias atribuem também as conquistas à dedicação das 140 pessoas que trabalham diretamente na confecção da renda e das peças, tais como Edjane Alves, uma das colaboradoras que acompanha o crescimento da empresa. “É muito gratificante. Quando cheguei aqui, a gente tinha poucos funcionários e, dentro de pouco tempo, foi crescendo”, lembra Edjane. Empregos indiretos também são gerados em Poção, Pesqueira, Jatobá, Brejo da Madre de Deus, Sanharó, Belo Jardim, Alagoinha, além de Monteiro e Tigre, ambas cidades na Paraíba. “Hoje a gente sustenta várias delas. Essas pessoas fazem a renda e enviam para que sejam trabalhadas as peças”, afirma Noemy, que concluiu o curso de Direito e se especializa em Gestão de Negócios. A nova geração da família já está atenta às necessidades de mercado.

O empreendimento, que já foi atendido pelo Projeto de Confecções do Sebrae em Pernambuco - por meio da Unidade Agreste Central e Setentrional, localizada em Caruaru, tem na inovação, na capacitação e na competitividade, estabelecida a partir desses critérios de gestão, aliados fundamentais na permanência do empreendimento no mercado. “Quando o Sebrae chegou aqui, a gente só tinha uma máquina de bordar. Hoje já são quatro, que rodam 24h”, completa Cida Gomes.

Reaproveitamento de água e reforma do ambiente de produção também estão entre os itens de melhoria do empreendimento apontados pela consultoria. “O Sebrae para a gente foi uma luz. Antes a gente tinha pobreza de conhecimento”, destaca Cida Gomes. A empresária Cida Gomes conta que conseguiu enxergar novos caminhos para o seu empreendimento depois da consultoria dada pelo Sebrae. “Há três anos a gente não tinha essa visão, antes de conhecer o Sebrae”, diz Cida. “A gente não queria crescer mais. Isto pelo comodismo. A gente não tinha em quem se espelhar”, avalia Noemy. Controle de produção – e de pessoal e de gastos – é um dos cursos lembrados pelas empreendedoras, além da orientação para aquisição de máquinas, que passaram a fazer parte do incremento nos negócios da empresa. “Depois desse contato com o Sebrae, a gente enxergou além”, ressalta Cida Gomes.

A confecção já vende suas peças para todo o Brasil e tem feito envios experimentais para o exterior, inicialmente para Panamá, Angola e Estados Unidos. A empresa participou de rodadas de negócios realizadas pelo Sebrae. “O diferencial da gente nas rodadas é o produto. Não somos concorrentes de ninguém”, afirma Cida Gomes.

Linha, agulha e lacê uniram-se à inovação para um caminho novo e promissor: o artesanato na moda. Assim, a empresa explora novos espaços que já começam a ganhar terreno em feiras, exposições e desfiles. “A Noemy é moda com artesanato. A gente trabalha o artesanato associado à moda”, define Noemy Rutty.

Segundo as empresárias, com o ofício da renda renascença originária da avó, filha de índios xucuru de Ororubá, mantém-se uma forte ligação com essas raízes, perpetuando o trabalho manual cuidadoso e de qualidade que deu fama à região e virou negócio, com origem na necessidade de sustento da família. Há 24 anos a marca foi criada em Poção e se estabeleceu como negócio com as oportunidades aproveitadas pelas empresárias. “Nós somos uma família. A família Noemy”, resume Cida.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: