ABERTURA DE EMPRESA

Como saber se minha ideia de negócio é boa ou não

O planejamento é fundamental para fazer com que qualquer projeto saia do papel.

Capital único
  • Acredite na sua ideia

Hoje em dia parece muito mais fácil empreender. Isso porque foram criadas excelentes maneiras de divulgar o seu próprio espaço nas plataformas online. Existem várias redes sociais, onde é possível encontrar seu público alvo ideal, que poderá interagir com o conteúdo postado por você. Muitos pensam que é só começar a postar conteúdo, que naturalmente farão sucesso e conseguirão seguidores. Mas é preciso antes saber se a sua ideia de negócio é ou não viável.

Em segmentos muito saturados, pode ser um pouco mais complicado se encaixar perante concorrentes, que fornecem itens muito semelhantes com aquilo que você irá vender. Aí começa a surgir a dúvida se deve ou não abrir o estabelecimento. O medo surge tanto para quem decide abrir mais uma empresa em um ramo que está cheio, como para aqueles que querem vender algo totalmente inovador e diferente do que o seu público conhece.

O planejamento é fundamental para fazer com que qualquer projeto saia do papel. Muitas vezes, o produto ou serviço que você tem em mente pode nem ser o grande destaque da empresa, mas sim o excelente atendimento dos funcionários ou a maneira de se comunicar com os clientes nas redes sociais.

Comece devagar e aos poucos. Tenha uma ideia ótima e foque nela. Caso ela não seja boa o suficiente para comandar as vendas, descarte-a e volte para o planejamento, até que encontre algo melhor e que irá sustentar sua empresa.

Existem sim pessoas que começaram do nada, sem ter um plano, e acabaram fazendo sucesso. Mas optar por isso é dar um tiro no escuro. Recomenda-se pensar bem em cada etapa de desenvolvimento, para que sua empresa possa ter uma boa inauguração e consiga crescer.

Ao ter produtos em excesso, pode ser que eles passem a competir entre si. As pessoas começam a ficar muito em dúvida e podem acabar não levando nada ou levando poucas coisas. Estudos já identificaram que empresas com pouca variedade conseguem reter mais clientes e vender mais.

Acredite na sua ideia
  • Capital único
  • Tenha ambição

Você precisa muito mais do que apenas acreditar, mas deve também ter uma enorme paixão pelo produto ou serviço que vai oferecer. Nem mesmo todo dinheiro do mundo pode tomar o lugar da satisfação profissional. Foque naquilo que te faz querer seguir em frente. Uma hora o dinheiro para de ser tão importante, além do mais, ele jamais irá comprar felicidade. Aquele velho conselho de trabalhar com aquilo que se ama se encaixa perfeitamente nesta situação.

Clientes e investidores notam a falta de paixão na profissão que está sendo exercida. É muito diferente entrar em um ambiente onde as pessoas gostam de trabalhar com o que estão fazendo, quando se compara com um lugar onde todos estão desmotivados. Funcionários infelizes produzem menos.

 

Cliente certo

Saiba exatamente quem está disposto a comprar seu produto e foque em como atingir esse grupo de pessoas. Pergunte-se:

  • O que eles fazem da vida
  • Como você pode ajudá-los
  • Como eles decidem comprar
  • Quais os objetivos que eles possuem
  • O que eles precisam
  • Por que eles precisam

Muitos empresários transformaram seus problemas em uma solução e passaram vendê-las para quem se identifica com essa necessidade, fazendo grande sucesso. Isso porque o criador do produto ou serviço se encaixa completamente no público-alvo que deseja atingir.

Crie personas de clientes ideais. É preciso descrever pelo menos 3 tipos de pessoas, contendo as características delas, que devem ser baseadas no público que se deseja atingir. Por exemplo, caso você venda marmitas prontas e saudáveis, seus clientes podem ser pessoas com algum problema de saúde que precisam comer melhor, aqueles que querem emagrecer e outros que gostam de um estilo de vida mais saudável.

Descreva cada uma dessas personalidades. Dê nome às pessoas, escolha diferentes idades. Descreva gostos pessoais, perspectiva de futuro, que área atuam e muitas outras características.

Tenha ambição
  • Acredite na sua ideia
  • Analise o mercado

Isso não significa que você deva planejar conquistar o mundo no primeiro ano de atuação. Significa que você precisa ter ambição, mas reconhecer que grandes ideias se desenvolvem aos poucos. As maiores empresas surgiram através de ideias simples, que solucionavam um problema dos próprios fundadores. Essa ideia inicial deve ser o suficiente para conseguir conquistar outras pessoas que precisam solucionar os mesmos problemas.

Um exemplo de dificuldade é a burocracia que os bancos exigem para fornecer um cartão de crédito. Qualquer problema deve ser resolvido na agência bancária, durante um horário limitado. Cobrança de taxas diversas. Ao se deparar com tudo isso, uma pessoa pensou que era capaz de criar um banco com tarifas zero, sem burocracia, livre de papelada, sem agência física, onde tudo poderia ser feito através de um simples aplicativo. Uma ideia simples, mas que mudou totalmente a relação dos bancos e clientes.

 

Recuse sua ideia

Quando você tem uma nova ideia para abrir uma empresa, as pessoas costumam elogiar e dificilmente se encontra um feedback negativo. Sente, analise essa ideia e comece a criticá-la o máximo possível. Ache todos os pontos negativos, falhas e que podem ser melhorados.

É muito fácil achar os pontos positivos e idealizá-los, de uma maneira que tudo ocorra perfeitamente. Todos seus bons argumentos devem ser refutados. Depois de encontrar os defeitos, trabalhe individualmente em cada um deles, a fim de melhorar seu produto ou serviço.

 

Não tenha medo de roubarem sua ideia, compartilhe-a

Dificilmente alguém irá abandonar a estabilidade financeira do emprego que está efetivado para colocar a ideia de outra pessoa em prática. Ao contrário do que algumas muitos acham, compartilhar a sua ideia com outras pessoas pode melhorar o seu projeto.

Ao ouvir a opinião dos outros se tem o feedback, antes mesmo de se lançar no mercado. As maiores ideias do Vale do Silício são divulgadas em eventos e então começa o trabalho em equipe para que essas ideias sejam moldadas.

Sempre que possível, fale do seu projeto para outras pessoas. O retorno de opiniões é fundamental pra que as vendas continuem positivas, mesmo ao longo dos anos, é preciso sempre saber o que o cliente está achando de sua empresa, para que ela evolua cada vez mais.

Analise o mercado
  • Tenha ambição

Existem nichos do mercado que possuem um grande potencial de crescimento. Ao optar por entrar nesse determinado ramo de mercado, é possível que ele tenha uma considerável participação para alavancar a sua empresa. 

O contrário também acontece. Se uma empresa for aberta em um mercado em ascensão, ele pode afundar essa empresa. Para apostar tudo que você possui em uma ideia, tente evitar um ramo que não possa suportá-la. Não vale a pena perder todo o seu tempo em uma área desfavorável.

 

Invista

Dificilmente uma ideia possa crescer sem um investimento inicial. Caso não possua renda o suficiente para lançar seus produtos e serviços, é possível arranjar um ou mais sócios.

Quando sua empresa entrar no mercado, ela precisará de dinheiro para que consiga se manter nos próximos meses, até que os lucros consigam suprir todas as despesas. Se não houver um plano para sustentá-la, sua boa ideia pode acabar fechando as portas já no início.

Com essas dicas, será mais fácil avaliar a viabilidade de sua ideia. Após a inauguração do seu negócio, ele terá que ir se renovando de acordo com o mercado. É preciso de inovação constante. O bom atendimento é um fator crucial para reter os clientes. A ideias mais inovadoras ideias jamais conquistarão um cliente fiel, caso ele seja mal atendido.

Treine toda sua equipe de trabalho, fazendo com que eles conheçam todos os produtos e fornecidos. Assim eles terão bagagem o suficiente para atender bem e poder explicar tudo o que você irá fornecer.

 

Jornada empreendedora

Pensando em incentivar os empreendedores a testarem suas ideias e seguir em frente, o Sebrae criou o Jornada Empreendedora. Uma ferramenta com trilhas para que você tire a sua empresa do papel. Conheça mais e inscreva-se:

 

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: