Ao longo da história, os alimentos foram fonte de prevenção e tratamento de doenças, e hoje são, também, sinônimo de uma vida com mais saúde. Com o constante aumento da procura por alimentos ligados à qualidade de vida e bem-estar, também surgem oportunidades de negócios para quem deseja investir no setor ou diversificar suas operações.

De acordo com um estudo da agência de pesquisa Euromonitor, o consumo de alimentos saudáveis no Brasil vem crescendo nos últimos anos. O  mercado de alimentação ligado à saúde e ao bem-estar cresceu no país entre 2009 a 2014 e movimenta US$ 35 bilhões por ano no Brasil, sendo o quarto maior mercado do mundo.

Oportunidades de negócios

Alimentação sem glúten

Alimentos livres de glúten — proteína encontrada no trigo, no centeio, na aveia, na cevada e no malte — são procurados, principalmente, por pessoas diagnosticadas com a doença celíaca.

No entanto, são cada vez mais comuns as dietas prescritas por nutricionistas que também restringem o consumo desses alimentos. Assim, há um grande público de apreciadores de opções sem glúten.

O principal desafio para essas pessoas ainda é encontrar alimentos para substituir os produtos que levam trigo. Portanto, esse nicho apresenta ótimas oportunidades de investimento para atender à alta demanda.

Alimentação vegetariana

Outra ótima oportunidade de negócio no mercado de alimentação saudável é o crescimento do público vegetariano.

No Brasil, 14% da população se declara vegetariana, segundo pesquisa do Ibope Inteligência conduzida em abril de 2018. As regiões metropolitanas de São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro concentram a maior parcela desse público, mas a demanda existe em todo o país.

É importante ressaltar que o público consumidor nesse nicho é muito maior, pois uma grande parcela da população que não se considera vegetariana também busca por esses alimentos como uma opção de alimentação saudável.

Alimentação vegana

O público vegano tem um estilo de vida ainda mais restrito que o vegetariano. Além de não comer carne, não consome nenhum produto de origem animal, inclusive fora do âmbito alimentar.

É um nicho cujo número de adeptos cresce e que enfrenta uma grande carência de estabelecimentos, sejam lojas de produtos naturais, cafés, bares ou restaurantes. Portanto, é outra opção válida para começar a planejar um investimento no mercado de alimentação saudável. 

O mercado de alimentação saudável vem experimentando um crescimento médio de 12,3% ao ano. Esses são os dados da Brasil Food Trends 2020.

Alimentação fitness

O mercado fitness foi um dos responsáveis pelo aumento do interesse da população brasileira por alimentação saudável. Adotar uma dieta em conjunto com a prática de exercícios otimiza os resultados, independentemente do objetivo, seja melhorar a saúde ou emagrecer.

Esse público busca novidades o que pode ser uma ótima oportunidade de investimento. Oferecer mais sabor aos treinos é um grande atrativo, além disso, é possível englobar outros nichos mencionados.

Alimentação orgânica

A venda de produtos orgânicos apresentou um grande crescimento nos últimos anos. Isso ocorreu sustentado por pessoas que querem evitar o consumo de alimentos com veneno e preservar o ambiente.

Outro fator que favorece é o apoio recebido por diversas ações do governo brasileiro, como linhas de financiamentos especiais para os agricultores que desejam cultivar alimentos orgânicos.

Apesar de todos os incentivos, a produção atual ainda não atende a demanda por produtos orgânicos, e o mercado varejista tem dificuldades de encontrar fornecedores em quantidade suficiente para atender o interesse crescente de seus consumidores.

Que tal continuar explorando?