Sustentabilidade é uma palavra que você já deve ter ouvido muito por aí. Mas, mais do que um termo que está na moda, trata-se de atitudes e ações que podem melhorar os ganhos da sua empresa e, de quebra, ajudar o meio ambiente.

Você pode achar que tornar o empreendimento sustentável é um grande desafio. Sim, às vezes vai ser preciso dar um foco maior em coisas que não são a finalidade do seu negócio, mas com certeza haverá diversos benefícios para sua empresa. Por exemplo, com a adoção de práticas sustentáveis, dá para eliminar desperdícios. Basta ajustar comportamentos, adequar instalações, procedimentos operacionais e equipamentos.

Você sabia que em todo processo mal gerido há perdas significativas de insumos no transporte, com instalações defeituosas ou com má utilização da energia elétrica?

Identificando onde há desperdício, dá para aumentar o seu rendimento, atraindo a clientela que adota valores sustentáveis, uma tendência crescente no mundo. É isso mesmo, com as práticas em favor da sociedade e do meio ambiente, você cria uma imagem positiva no mercado, se diferenciando por meio de produtividade, inovação e satisfação ao cliente.

Agora, você pode estar se perguntando: “Tudo bem, mas o que eu faço na minha empresa então?” É simples! Algumas medidas podem impactar o seu negócio sem necessitar de grandes investimentos financeiros.

Confira algumas ações que vão melhorar a eficiência energética na sua empresa:

Pinte as paredes internas da empresa com cores claras e aumente o tamanho das janelas. Isso vai melhorar a captação de luz solar no seu espaço de trabalho.
 

Instale painéis fotovoltaicos (de energia solar). Com isso, você economiza nas despesas mensais com energia elétrica e aumenta o uso de energias renováveis.
 

Mantenha as fiações elétricas em bom estado para evitar dissipação de energia por meio de fios danificados, além de prevenir acidentes.
 

Substitua lâmpadas incandescentes pelas de LED. Assim, você economiza em média 60% no consumo, além de diminuir o número de troca de lâmpadas, pois as de LED têm maior vida útil.
 

Economize energia desligando o monitor do computador. A proteção de tela é responsável por até 80% do consumo de energia desse tipo de aparelho. Uma opção muito eficaz é configurar a máquina para o modo de economia de energia. Assim ele vai desligar automaticamente, sempre que você se ausentar.

Use de maneira eficiente o ar-condicionado. Não deixe o equipamento em lugares quentes ou sob a incidência do sol e faça limpeza dos filtros regularmente. Ao ligar o aparelho, feche as portas e janelas. Também, antes de comprar um ar-condicionado, verifique o tamanho do local onde será instalado, para ter certeza de que está de acordo.

Realize a manutenção dos aparelhos de refrigeração regularmente. Eles são fundamentais para a preservação da qualidade de itens perecíveis. Mas são também responsáveis por boa parcela do consumo de energia em uma loja.

 Quer ver mais dicas sobre eficiência energética na sua empresa? Assista ao vídeo abaixo.

Mas nem só com economia de energia elétrica se faz sustentabilidade. É preciso olhar com muito carinho para a água também. Por se tratar de um bem natural que está cada vez mais raro e caro, reutilizá-la é de fundamental importância para o meio ambiente e também para a economia das empresas.

Veja a seguir o que você pode fazer para reutilizar água

A água usada pode ser tratada numa estação na própria empresa e reutilizada no mesmo ciclo de produção. 

Água da rede de esgoto pode passar por um processo eficiente de tratamento e ser utilizada para regar jardins públicos, lavar ruas e automóveis e irrigar plantações. Ela também pode ser devolvida à natureza para seguir o ciclo hidrológico. 

É importante lembrar que a água de reúso só pode ser usada para fins não potáveis. O encanamento deve ser separado e identificado devidamente, pois ela deve passar por testes e monitoramento periódico.

Uma boa fonte de informação é a Resolução 54 do Conselho Nacional de Recursos Hídricos. A água de reúso resultante pode ser destinada a cinco fins: urbanos, agrícolas, florestais, ambientais e industriais. Nesse sentido, ela serve tanto para a geração de energia, refrigeração de equipamentos e irrigação de plantios como para limpezas de praças, ruas e galpões de empresas. 

Veja também

Que tal continuar explorando?