Quem tem um negócio de revenda de roupa sabe muito bem o que é a inadimplência. É muito provável que você tenha uma conhecida ou mesmo uma amiga que sempre experimenta um monte de roupas e pergunta se pode levar umas pecinhas e pagar depois.

Você, que não quer comprometer a venda nem perder a cliente, aceita, mas fica com aquele pensamento de que algo pode dar errado, não é mesmo? E para não criar problemas, acaba se convencendo de que vai dar tudo certo, afinal, mais cedo ou mais tarde ela voltará para pagar o que deve.

Esse é um problema muito comum que acontece com vendedoras autônomas de roupas, e é preciso ter um cuidado todo especial para que essa prática não comprometa o seu caixa, já que pode ficar com as contas no vermelho, sem dinheiro para renovar o estoque e impedir o crescimento da sua empresa.

Pensando nisso, separamos dicas certeiras para você evitar esse tipo de situação e, de quebra, saber como cobrar de quem te deve. Vamos lá?!

Dica 1: saiba dizer não

Explique para quem quer levar fiado ou se esquece das datas de pagamento que a sua mercadoria é a sua fonte de renda e que você depende disso para pagar suas contas. Certamente a pessoa vai entender, porque dinheiro é coisa séria e todo mundo precisa dele. Sem contar que pode ser melhor para a sua empresa não ter que arcar com o risco de a cliente não pagar mesmo depois!

Dica 2: tenha uma política de vendas clara

Você precisa explicar para as suas clientes quais são as formas de pagamento e as datas para quitação dos débitos. Além disso, estipule uma política que estabeleça juros para quem deixar de pagar no dia certo. Com isso, você põe na mesa as regras do jogo e ninguém pode falar que foi pego de surpresa.

Dica 3: oferecer várias formas de pagamento é bom e todo mundo gosta

Facilitar a vida da cliente na hora do pagamento muitas vezes é uma solução para não tomar calote. Ofereça opções de débito, crédito, parcelamento, transferência bancária e até ferramentas virtuais, como PayPal e PagSeguro.


Dica 4: tenha um cadastro das suas clientes

Quando precisar cobrar alguém que está te devendo, você vai entender a importância desta dica. Já pensou não conseguir falar com a pessoa porque ela mudou o número do telefone e nunca mais apareceu? Além disso, você ainda pode usar esse cadastro para divulgar novidades e promoções.

Dica 5: envie lembretes

Essa dica tem a ver com a anterior. Você pode usar o cadastro de clientes para mandar um WhatsApp e lembrar que o dia do pagamento está chegando. E isso é legal de fazer porque as pessoas não têm memória de elefante e podem de fato se esquecer de pagar. Uma ferramenta que facilita esse tipo de conversa é o WhatsApp, mas você pode criar um e-mail marketing e fazer algo mais personalizado.

Dica 6: saiba cobrar a cliente

Você pode precisar muito quitar uma dívida, estar se descabelando para saber como vai fechar as contas, mas nada é motivo para tratar mal a cliente inadimplente. Nada de grosserias, viu?! A dica é ser sempre respeitosa, para evitar o constrangimento. O que recomendamos é que mostre simplesmente que quer que a pessoa pague o que é devido e que você quer que o relacionamento continue.

  • Saiba como ter uma maquinha de cartão no seu negócio para facilitar a vida das clientes na hora de fazer os pagamentos. Acesse e descubra.
  • O curso online Fluxo de Caixa para MEI ajuda você a aprender a cuidar da saúde financeira do seu negócio controlando entradas e saídas e fazendo projeções de ganhos e gastos. Matricule-se.
Que tal continuar explorando?