Um financiamento pode alavancar a vida de uma empresa e pode ser, também, o que faltava para dar o pontapé inicial no sonho de ter um negócio próprio. No segmento de energia solar, muitas são as alternativas de linhas de crédito para quem está começando ou precisando daquela força para fazer o empreendimento crescer.

Algumas delas foram criadas para expandir o uso de energia limpa e renovável, mas é importante notar que cada projeto tem suas particularidades, por isso é preciso ficar atento a:

  • Valor investido;
  • Forma de pagamento;
  • Prazo de carência;
  • Limite de cobertura do investimento a ser feito. 

Caixa Econômica

Na linha de financiamento Construcard, é possível financiar projetos de energia solar, mas somente no caso da compra do material. A taxa de juros em torno de 1,95% ao mês, o projeto pode ser parcelado em até 240 vezes. Acesse o site da CEF e simule os juros e prazos do financiamento.

>> Faça a sua simulação
 

Santander

O banco oferece linhas de crédito para instalação de sistemas fotovoltaicos por meio do Santander Financiamentos. A taxa de juros é 0,99% ao mês, mas vale apenas para pagamentos feito em até três anos. Se você quiser aumentar a quantidade de parcelas, a taxa sobe para 1,08% ao mês.

>> Conheça a linha de financiamento
 

Desenvolve SP

O governo do estado de São Paulo financia projetos que promovem a eficiência energética. O produto tem as seguintes condições de financiamento: taxa de juros a partir de 0,17% ao mês acrescidos da Selic, com prazo de pagamento de até 120 meses e período de carência de dois anos. A linha cobre até 80% do valor dos itens financiáveis.

>> Conheça a linha de financiamento
  

Bradesco

O banco tem uma linha de financiamento para compra e instalação de equipamentos geradores de energia solar. O prazo de pagamento do empréstimo é de até 60 meses, com período de carência de até 90 dias para quitar a primeira parcela, e as taxas de juros ficam a partir de 0,99% ao mês, dependendo do prazo de pagamento. É possível financiar até 100% do seu projeto, mas você precisa ser cliente do banco para conseguir o crédito.

>> Conheça a linha de financiamento

 

Agora que você já conhece as linhas de financiamento para os projetos de energia fotovoltaica que a sua empresa vai desenvolver, que tal dar uma olhada na documentação básica para conseguir o empréstimo? 

É importante lembrar que é fundamental planejar bem para que o crédito obtido seja utilizado de forma adequada e não represente um problema futuro caso o negócio não gere receitas suficientes para honrar com os compromissos de pagamento. E conte com o Sebrae para ajudar você a deixar suas finanças em dia.

 

  • Faça este curso online e gratuito e aprenda a cuidar da saúde financeira do seu negócio controlando entradas e saídas e fazendo projeções de ganhos e gastos. Matricule-se.
  • Obtenha mais informações antes de adquirir um financiamento.
  • Você sabia que o Sebrae pode ser avalista complementar de um financiamento para o seu negócio? Acesse aqui e fique por dentro.
Que tal continuar explorando?