O que é FGC?

Os Fundos Garantidores de Crédito (FGC) são entidades que atuam como mecanismos de proteção aos correntistas, poupadores e investidores. Eles permitem recuperar os depósitos ou créditos mantidos em uma instituição financeira, até determinado valor, em caso de intervenção, liquidação ou falência da empresa tomadora do financiamento.

É importante lembrar que eles não emprestam dinheiro, não são um seguro e também não substituem totalmente a necessidade das garantias da própria empresa solicitante do crédito.

Fampe  

É o Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas que o Sebrae disponibiliza nos bancos conveniados. Tem por objetivo complementar as garantias exigidas pelas instituições financeiras para a realização de empréstimos.

O Fampe pode garantir, de forma complementar, até 80% de uma operação de crédito, dependendo do porte empresarial do solicitante e da modalidade de financiamento.

Na hipótese de atraso de pagamento, o banco tomará todas as providências para a recuperação do crédito, inclusive por via judicial, se assim julgar necessário. Caso isso aconteça, a empresa devedora e seus proprietários sofrerão restrições cadastrais, inclusive em órgãos de proteção ao crédito.

Funproger

O Fundo de Aval para Geração de Emprego e Renda avaliza pessoas físicas e jurídicas para obtenção de crédito por meio do programa Proger Urbano, do Banco do Brasil. Ele cobre até 80% do valor financiado, e a garantia abrange todo o prazo do financiamento, incluindo a carência. A comissão paga pelo tomador corresponde a 0,1% do valor da garantia multiplicado pelo prazo (em meses) do empréstimo.

FGO

Administrado pelo Banco do Brasil, o Fundo de Garantia de Operações (FGO) assegura crédito para capital de giro e investimento destinado a empreendedores individuais e a micro, pequenas e médias empresas.

O FGO garante até 80% do financiamento. Para investimentos, o valor máximo garantido é R$ 500 mil. No caso de capital de giro, o limite é R$ 150 mil. Além da taxa de juros do empréstimo, para utilizar o fundo, o tomador precisa pagar a Comissão de Concessão de Garantia (CCG) – quanto maior for a participação do fundo nas garantias, maior será a CCG.

BNDES FGI

O Fundo Garantidor para Investimentos (FGI) disponibiliza garantias às linhas de crédito oferecidas pelo BNDES, como capital de giro e aquisição de máquinas e softwares. O custo para utilização do BNDES FGI depende do valor financiado, do percentual garantido pelo fundo e do prazo do financiamento.

Sociedades Garantidoras de Crédito (SGC)

De caráter privado e podendo ter a participação de entidades públicas, seu objetivo não é realizar empréstimos ou financiamentos, mas complementar as garantias exigidas às suas empresas associadas (ou até mesmo seus fornecedores) nas operações de crédito nos bancos. Elas podem também fornecer aval técnico e comercial, além de assessoria financeira.

As SGC realizam análise dos projetos e pedidos de financiamento e assumem o risco de inadimplência e eventuais falências. Nesses casos, elas honram a garantia perante o credor e passam a conduzir o processo de recuperação das perdas com a empresa associada inadimplente ou falida.

Que tal continuar explorando?