Amapá - Serviço de Apoio as Micro e Pequenas Empresas

 

Atendimento On line_Sebrae Amapá

Como abrir uma empresa (Micro ou de Porte Pequeno) no Amapá
  ABRA SUA EMPRESA
Você sabia que o Brasil é considerado um país empreendedor? E que são as microempresas que mais empregam hoje no mercado nacional?

Ciente disso, o Governo Federal vem incentivando cada vez mais a abertura de novos negócios a todos os brasileiros que sonham em ter o próprio negócio. E este é o momento perfeito para dizer adeus ao patrão e ser “dono do próprio nariz”. Mas, é preciso, também, tomar cuidados importantes para alcançar o sucesso.

Em todo o Brasil, as microempresas somam mais de 10 milhões em atividades no País. No Amapá, de 2000 a 2010, foram criadas mais de 17.015 novos empreendimentos, segundo dados da Junta Comercial do Amapá (Jucap). 

Para muitas pessoas, correr atrás deste sonho pode parecer um “bicho de sete cabeças”. Mas não é tão difícil assim. O ritual de abertura pode parecer complicado, mas está ao alcance de qualquer um, desde que o interessado tenha tempo disponível para cumprir todo o ritual de abertura do empreendimento.

Uma microempresa (ME) é um empreendimento (comercial, de serviço ou indústria) com faturamento anual inferior ou igual a R$ 240 mil (R$ 22.000,00 por mês) cujo pagamento de impostos pode ser realizado de forma simplificada. Ou seja, optar pelo SIMPLES (forma de tributação que engloba oito impostos numa única alíquota com valores reduzidos, dentre eles, o IR, PIS, COFINS, INSS, ICMS e IPI).

Entretanto, nem todas as empresas podem optar pelo SIMPLES, principalmente as prestadoras de serviços que exigem habilitação profissional. Portanto, antes de fazer uma opção tributária, o profissional de contabilidade que lhe auxiliará em todo o processo deverá verificar se atividade escolhida se enquadra na alternativa tributária.

Documentação necessária:

O empreendedor que escolher a opção pelo porte de Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) deverá decidir se vai atuar sozinho ou em sociedade. Acesse a lista da documentação e taxas cobradas pela Jucap para abrir uma empresa.

O Sebrae no Amapá elaborou uma cartilha contendo informações sobre empresas em geral, esclarecendo sobre os Tipos de Empreendimentos Empresarial e Tributações para ME/EPP.

Dependendo da escolha, o empreendedor terá a opção do negócio ser do tipo “empresárial" (onde o dono atua profissionalmente sozinho) ou em “sociedade”. No caso da segunda, antes de começar o ritual de abertura, é preciso formalizar o acordo de sociedade por meio de um “Contrato Social” (documento que estabelece normas de relacionamento entre sócios e a sociedade, e entre a sociedade e terceiros, além de determinar direitos e obrigações de cada um).

A série “Saiba Mais” esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pela Orientação Empresarial Sebrae nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing, produção, informática, jurídica, comércio exterior. Baixe o download do Guia do Empreendedor – Legalização de empresas, onde você encontrará todas as informações que precisa para abrir o seu negócio.

Links relacionado

Estatística de abertura de empresas no Amapá. Clique aqui.

Clique aqui para conhecer os endereços dos órgãos públicos e cartórios de Macapá e Santana.
 


Bookmark and Share
 
Microempresária conquista mercado pela visão empreendedora
No início de 2000, Alzenir Monteiro (53 anos) tomou uma decisão importante em sua vida: resolveu abrir sua microempresa. Mudou-se de Santarém/PA, sua cidade natal, para Macapá (AP) com a certeza de conquistar o mercado com a confecção e a venda de uniformes escolares. “Não conhecia ninguém na cidade mas, mesmo assim, decidi arriscar”, diz.

A empresária conta que não enfrentou burocracia para abrir as portas da “Zeni Uniformes” e considerou rápido todo o processo. Mas porque contou com o auxílio de um contador. Mesmo assim, reconhece que teve de fazer a sua parte também. “Eu também tive de dispor de tempo para percorrer alguns órgãos públicos pra assinar documentos ou solicitar alguma coisa. Mas todo o empreendedor que sonha em abrir a sua empresa precisa se empenhar. Consegui abrir a minha empresa em menos de dois meses”, orienta.

À época da abertura de sua loja, Alzenir não conhecia os serviços que o Sebrae oferece aos empreendedores de todo o Brasil, inclusive o de auxílio na hora de abrir uma empresa. “Depois que descobri como o Sebrae podia me ajudar, comecei a fazer cursos de capacitação e treinamentos e, hoje, sei muito bem como administrar o meu negócio”.

Há 11 anos atuando no mercado, Alzenir Monteiro colhe, hoje, os bons frutos de investir no negócio. A partir de 2011, a empresária investiu em novos equipamentos em mão-de-obra qualificada para atender a demanda do mercado atacadista de Macapá. “Comecei a atuar no ramo da moda. Além dos uniformes, hoje eu confecciono artigos de moda em geral. Percebi que havia demanda, e decidi apostar nisso”, revela a empresária que há mais de uma década se consolida no mercado amapaense.


Bookmark and Share