Wed Sep 09 18:40:27 GMT-03:00 2020
Empreendedorismo
Artesão: Como lidar com seu negócio em meio à crise Covid-19?
O momento é desafiador e todos os setores estão sendo afetados. Como o artesanato atravessará essa crise? Prepare-se para ser ainda mais criativo.

Momento é de assimilar as adversidades  e buscar alternativas criativas Os artesãos brasileiros são, em sua maioria, mulheres acima de 50 anos, que aprenderam o seu ofício dentro de seu ciclo familiar. Por serem autônomas e muitas estarem  no grupo de risco da covd-19 e precisam estar isoladas neste momento.

A dica para artesãs e artesãos de hoje é tentar estar bem perto de seu cliente.Encarem a quarentena como uma oportunidade de descobrir soluções úteis para o dia-a-dia, aprimorar  suas técnicas artesanais e produzir algo novo, que realmente possa estar fazendo falta ao seu cliente neste momento. Procure estabelecer  parcerias com outros empreendedores de sua região, como uma venda casada com outros produtosLembre-se também que muitos hábitos estão mudando nesse período. As pessoas precisarão de soluções práticas, desde um pendurador de sapatos a recipientes para guardar alimentos de forma segura. São apenas alguns exemplos funcionaisDivulgue suas peças nas  redes sociais. Em sua comunicação e em suas peças explore qualidades afetivas como paz, calma, sentimentos positivos de uma forma geral.  Faça entregas com apps de delivery, reforce seus cuidados com as questões sanitárias e deixe isso muito claro ao seu cliente. Atitudes como estas poderão lhe dar mais credibilidade na hora de fazer uma venda.

Com sua criatividade e alguns insumos, podem surgir novas ideias. Observe seu cotidiano e pergunte às pessoas com quem você tem contato: 

  • Quais são as dificuldades enfrentadas
  • Como você poderia contribuir com uma solução prática, um artefato útil ou um adorno que inspire coisas boas 

A arte pode beneficiar a vida das pessoas de diversas formas, sendo expressão de sentimentos que lembram dias melhores, acalentando os que sofrem, e também pode ser funcional para quem está em confinamento.

Aceita o desafio?

 

Escrito por Lilian Silvia Simões, colaboradora do Sebrae/AM.

 

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora