FRANQUEADO

Como escolher a franquia certa

Conhecer bem seu perfil, habilidades e características é essencial para definir qual é o melhor estilo de negócio e segmento para atender aos seus objetivos.

Analise seu perfil
  • Conheça o sistema

Antes da decisão de compra de uma franquia, é fundamental que o candidato a franqueado se questione sobre alguns pontos. Iniciar o processo de compra pela autoanálise auxiliará para que o ato de empreender seja uma experiência bem-sucedida.

Adquirir uma franquia não tirará do franqueado as responsabilidades sobre a gestão de sua empresa. Gerir pessoas, manter sua contabilidade em dia, calcular e correr riscos, aceitar decepções, tomar decisões gerenciais, participar do dia a dia da operação, muitas vezes consumindo finais de semana ou longas jornadas de trabalho, são algumas das atribuições que cabem ao franqueado.

É preciso entender que será necessário trabalhar muitas horas por dia. Certamente o franqueado irá suar a camisa bem mais do que no tempo que era empregado e lidar com os mais variados tipos de clientes e funcionários – pessoas com comportamentos e atitudes distintas.

Alguns pontos que devem ser observados são:

Capacidade financeira

Antes de adquirir a franquia, é necessário saber qual é o montante a ser investido, os custos fixos e variáveis envolvidos na operação diária do negócio e o faturamento previsto. Tenha o montante necessário para o investimento previsto para a franquia e, ainda, reserva para capital de giro. Deve ser calculado o valor disponível e o tempo de retorno indicado pelo franqueador, considerando como deverá se manter financeiramente até que possa fazer retiradas da empresa. 

Essas informações determinarão o ponto de equilíbrio operacional, a previsão de lucro e retorno do investimento. Por mais que você goste dos produtos e serviços, por mais bonita que seja a loja, se não tiver viabilidade financeira, descarte.

Escolha dos produtos 

Para aumentar suas chances de sucesso, além de analisar a viabilidade econômico-financeira do negócio, é recomendável ter afinidade com o produto ou serviço que será comercializado. Algumas franquias chegam a permitir que o franqueado experimente um ou mais dias da operação para ter certeza de que ele deseja atuar naquele segmento.

Avaliação de competências

Reconheça as competências e os pontos que precisam ser melhorados, além da compreender que, no sistema de franquias, a marca pertence ao franqueador e caberá a ele determinar regras sobre seu uso e ao franqueado, o cumprimento dessas exigências. 

Identificação

Decida-se pelo negócio com cujos produtos e/ou serviços você se identifique. Não tome a decisão pensando puramente em investimentos. Como qualquer empresa, a franquia precisa do dono à frente da administração e operação diária para fazer o negócio acontecer, e isso exigirá habilidades específicas.

Pressão e impulso

Não aceite pressão e nunca compre uma franquia por impulso. Franquia é projeto de vida. Se você pode escolher a qualidade de vida que quer como empresário, por que então delegar isso a outros? A decisão deve ser de quem compra, e não de quem vende.

Informações úteis para quem vai empreender

Conheça o sistema
  • Analise seu perfil
  • A escolha dos segmentos

As redes de franquias têm características próprias. Durante o processo de análise para a escolha de uma franquia, alguns pontos devem ser observados com atenção, como:

Tempo de contrato: os contratos de franquia têm prazo definido, podendo ser renovados ou não a critério do franqueador. É fundamental que o prazo do contrato exceda o tempo estimado para o retorno do capital investido pelo franqueado.

Know-how: a transferência de know-how, ponto fundamental nas franquias, só é possível se o franqueador tiver, de fato, experimentado o modelo. A legislação ainda não exige, mas é recomendável que o negócio seja franqueado após um período mínimo de um ou dois anos de experiência e do atingimento do ponto de equilíbrio, em unidades-piloto, para que o franqueado adquira uma franquia testada no mercado.

Treinamentos: o know-how deve ser transmitido através de treinamentos e ser descrito em manuais para que o franqueado possa aplicá-lo no dia a dia do negócio. Veja o programa de treinamentos, os manuais e a assistência da rede. Confira como a franqueadora oferece o suporte aos franqueados e presta a assistência contínua aos franqueados a distância.

Pagamento de taxas: para fazer parte de uma rede de franquias, o candidato a franqueado deve estar ciente de que deverá arcar com o pagamento de taxas, como royalties e contribuição para o fundo de propaganda.

Padrões: todo franqueado deverá manter os padrões exigidos pela franquia, dando livre acesso ao supervisor de campo para que ele possa conferir se a unidade está operando de acordo com as determinações da franquia.

Dicas

  • Estude: entenda bem o funcionamento do sistema de franchising, busque mais informações sobre o segmento de negócio e saiba o que diz a legislação em vigor. Tenha claro os direitos e deveres de cada uma das partes.
  • Aprofunde-se no negócio: faça contato com as empresas franqueadoras como potencial franqueado e solicite mais informações sobre a franquia. Fique atento, pois os franqueadores também solicitarão informações sobre você. O franqueador enviará cadastro de pré-qualificação, que deverá preencher sem que implique em nenhum compromisso. Enquanto você analisa o negócio, o franqueador o analisará como candidato à franquia.
  • Converse: procure os franqueados da rede para saber se estão satisfeitos com a franquia. Busque saber se o franqueador cumpre o que foi prometido e se o negócio é rentável e competitivo em relação à concorrência.

A escolha dos segmentos
  • Conheça o sistema

Gerir uma empresa é um trabalho árduo que requer muita determinação do empreendedor. A afinidade com o negócio ajudará no desempenho do franqueado à frente da unidade. Algumas franquias chegam a incluir um tipo de test drive para que o franqueado tenha a oportunidade de experimentar o dia a dia da operação antes de assinar o contrato.

Gostar de um produto ou serviço, e até mesmo ser consumidor fiel de uma determinada marca, pode ser um bom começo, mas o franqueado precisa saber diferenciar o prazer de consumir daquele que envolve a rotina de todas as atividades de retaguarda para que o produto ou serviço seja oferecido aos clientes.

O investidor em franquias tem mais de duas mil oportunidades de negócio nos mais variados segmentos para escolher aquela que mais se aproxima de seu perfil.

Por isso, antes de escolher, busque o máximo de informações sobre os produtos e/ou serviços que você irá comercializar e, sobretudo, quem são os concorrentes em seu território, como atuam e se o mercado é promissor. 

Franqueado: saiba mais

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: