LEGALIZAÇÃO DE EMPRESA

Como fechar um e-commerce

Processo segue os mesmos rituais exigidos para o encerramento de uma loja física.

Informar o cliente sobre o encerramento das atividades de uma empresa e-commerce é o primeiro passo a ser dado, na hora de fechar um negócio. O segundo passo é encerrar todos os contratos assinados antes da abertura do negócio que viabilizaram o seu funcionamento, como o do programador, caso tenha contratado algum para construir a loja.

É necessário também finalizar os acordos firmados com o site provedor (no caso de aluguel e manutenção do e-commerce) e encerrar as propostas fechadas com os fornecedores dos produtos comercializados.

Quanto ao domínio da loja (o endereço eletrônico), é preciso dar baixa nele, já que a URL (o endereço do site) ficará disponível a qualquer interessado depois de um ano sem utilização. Isso pode ser feito pelo site www.registro.br.

Todo esse processo específico de encerramento de um e-commerce pode ser realizado ao mesmo tempo em que, com o auxílio do contador, se faça os procedimentos legais de fechamento da empresa:

  • dar baixa no CNPJ na Receita Federal;
  • na Junta Comercial para extinguir a empresa;
  • na Receita Estadual (Sefaz) para cancelar a Inscrição Estadual e invalidar as Notas Fiscais, e
  • ir na prefeitura de sua cidade para anular o Alvará de Funcionamento da loja.

Lembre-se

Para evitar dores de cabeça e a burocracia, é importante estar com toda a documentação da empresa em dia e com os impostos pagos. Do contrário, o que pode levar cerca de três meses para acontecer, pode se arrastar por anos ou, até, décadas.

Legislação e tributos no e-commerce: saiba mais

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: