ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Mon Jul 27 11:42:21 GMT-03:00 2020
Finanças
Como lidar com as dívidas durante a crise
A melhor saída é negociar. Mas um empréstimo para arcar com os compromissos pode ajudar a manter a empresa ativa. Descubra a melhor solução para o seu negócio.
  • O que fazer com a dívida
  • Devo pegar um empréstimo?
  • Saiba mais

Quem já tinha uma empresa antes de a pandemia do coronavírus se instalar ou estava planejando montar um empreendimento sabia que podia contar com crédito para fazer melhorias no negócio e até mesmo expandi-lo ou para transformar em realidade o sonho de ser o próprio chefe.

Pegar um empréstimo para tirar uma ideia do papel ou fazer o negócio crescer é, inclusive, bastante comum e muitas vezes a única forma de andar para frente.

No entanto, agora, a situação mudou. Provavelmente, você, que tem uma empresa, vai precisar usar um financiamento para enfrentar os momentos difíceis com poucas vendas e receitas baixas, a fim de pagar dívidas, compromissos, fornecedores e funcionários.

E como nós sabemos que lidar com as dívidas durante uma crise como a que está acontecendo agora é algo que tira o sono da grande maioria dos empreendedores, criamos um guia para ajudá-los a passar por este momento de instabilidade. O segredo é achar a medida certa entre a negociação e a tomada de empréstimo.

O que fazer com a dívida

Existem dois caminhos para lidar com ela. O primeiro é renegociá-la. Mas, para isso, é preciso apertar os cintos. Você pode rever os processos operacionais da empresa, reduzir os custos e as despesas, aumentar de alguma maneira a entrada de dinheiro.

Com essas medidas em mente, faça um plano de pagamento para a dívida, que vai servir de base para uma negociação com o credor. Veja como elaborá-lo.

1. Projeção de fluxo de caixa

Inicialmente faça uma projeção de fluxo de caixa. Todos os valores devem estar devidamente justificados. É fundamental que a projeção seja realista e passem credibilidade ao credor. Só haverá uma renegociação se ele confiar nas suas intenções e capacidade de honrar seus novos compromissos. O fluxo de caixa projetado mostrará os valores que estarão disponíveis para o pagamento das parcelas da dívida.

2. Valores adicionais disponíveis

Verifique se há a disponibilidade de outros recursos para o pagamento de parte da dívida. Eles podem vir da venda de um veículo, de estoque, máquinas, entre outros. Oferecer um valor de entrada na renegociação de uma dívida será uma mostra da vontade de pagar e trará mais confiança para a negociação. Tome o cuidado, entretanto, para que esse valor não traga gere mais prejuízos.

3. Cálculo dos valores do financiamento

Recalcule os valores das parcelas a pagar, alterando prazos, taxas de juros e valores de multas, de forma que caibam nas disponibilidades identificadas nos passos anteriores. Caso tenha mais de uma dívida, organize-as em ordem de prioridade, mantendo sempre a visão sobre a situação global da empresa. Lembre-se de que essa deve ser uma negociação em que as duas partes ganham, portanto, não proponha algo que não seja factível. Deixe uma margem para a negociação.

Na hora de negociar:

  • Não encare o credor como um adversário, mas sim como um parceiro na busca de uma solução para o problema de ambos.
  • Seja verdadeiro, é a melhor forma de transmitir credibilidade.
  • Evite o envolvimento pessoal na discussão, estamos tratando de negócios.
  • Defina seus limites na negociação.
  • Esta é uma negociação em que ambas as partes podem ganhar juntas.

Devo pegar um empréstimo?

Essa é a segunda opção para lidar com o que deve. Não conseguiu chegar a um acordo na negociação e quer partir para um financiamento? Reflita sobre os dois pontos a seguir para saber se o crédito vai te ajudar ou apenas deixá-lo mais endividado.

  • O valor final da nova dívida vai ser menor que o da atual?
  • O prazo da nova dívida é maior e vai me possibilitar refazer o caixa depois da crise?

Empréstimo emergencial

Se decidiu recorrer ao financiamento, lembre-se de que estamos vivendo um momento atípico e que o crédito é emergencial, para manter o negócio ativo. Veja algumas dicas para a tomada de empréstimo.

1. Identifique a necessidade de crédito

É importante ter claro o valor do financiamento e a finalidade do recurso pretendido. Quais dívidas vai pagar? Fornecedores e funcionários? Aluguel? É preciso ter certeza para poder fazer todo o planejamento financeiro.

2. Busque informações e escolha a instituição financeira

Informe-se sobre as linhas de financiamento que melhor se enquadram nas suas necessidades de crédito. Depois, procure quais instituições financeiras operam com essas linhas. Essa pesquisa vale ouro, porque as condições de custos, prazos e limites, por exemplo, podem variar bastante de banco para banco, e muitos deles estão com taxas diferenciadas neste momento.

3. Analise os fatores de restrição

É imprescindível estar com todos os fatores de restrição (como situação legal, garantias e capital próprio, por exemplo) adequados às exigências das instituições financeiras. Ainda que o governo tenha exigido que elas flexibilizassem esses fatores, muitos empresários estão tendo dificuldade com as solicitações dos bancos.

4. Elabore o plano de negócios

Você terá que mostrar ao banco que o seu projeto é financeiramente viável. O melhor modo de fazer isso é apresentando o plano de negócios. Não esqueça: algumas instituições financeiras solicitam que o estudo da viabilidade do projeto seja realizado com uma ferramenta da própria instituição. Então, organize-se!

5. Efetue o pedido de financiamento

Vá até a instituição financeira e forneça ao gerente a documentação necessária, as garantias solicitadas e o plano de negócios, mostrando a viabilidade do projeto. Depois de concluir esses procedimentos, a instituição financeira analisará o projeto e retornará para informar a liberação ou a restrição ao financiamento.

Fique atento

  • Um bom histórico de relacionamento com o banco influencia positivamente. Procure entrar em contato com o onde você já é cliente e avalie as condições oferecidas. Mas, claro, não deixe de pesquisar outras opções.
  • O banco quer correr o mínimo de risco possível. Por isso, é fundamental elaborar um estudo com a análise de mercado, produto, operação e finanças, mostrando a viabilidade do projeto e a sua capacidade de pagamento.

Linhas de crédito para a crise

Algumas medidas foram tomadas para facilitar o acesso ao crédito para o dono de pequeno negócio, confira:

Saiba mais

Todo dia nós produzimos uma série de transmissões ao vivo com especialistas de diversos temas para ajudar os empresários a enfrentar a crise. E claro que o crédito já foi nosso assunto de debate. Veja os vídeos abaixo e entenda mais sobre o tema.

 

Guia de gestão financeira

Elaboramos um material que traz orientações sobre como realizar um controle das finanças mais preciso diante de complicações nos negócios no atual cenário. Acesse e repense a os seus gastos.

Capacite-se

O momento é de ficar em casa para evitar um pico de transmissão da doença. Por isso, aproveite nossos cursos online para melhorar a sua gestão financeira. Matricule-se agora mesmo, é tudo gratuito.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora