this is an h1

this is an h2

Mon Apr 11 15:51:17 BRT 2022
Organização | SUSTENTABILIDADE
Conheça as tendências para 2022 e venda mais calçados

Seja da indústria ou do comércio, é hora de o empreendedor se atualizar para começar a faturar e reverter perdas passadas em lucro.

· 11/04/2022 · Atualizado em 11/04/2022
Imagem de destaque do artigo

Um dos sinais que marcam a retomada econômica pós-pandemia é o fim do isolamento social obrigatório. E a volta das pessoas ao trabalho e às atividades educativas presenciais pede uma renovação no visual, incluindo dos pés.

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) confirma que a demanda reprimida motivou uma resposta da indústria. A previsão é de que o setor produza mais de 820 milhões de pares em 2022, um aumento que poderá chegar a 3% em relação ao ano anterior. O número de pares vendidos para fora do país já superou a média pré-Covid-19. No ano passado, as exportações melhoraram 34,6% em relação a 2020, e espera-se que ainda aumentem 5% neste ano.

E os motivos para presentear com calçados também não faltam. Em 2022 ainda comemoraremos várias datas especiais, como o Dia das Mães, o Dia dos Pais, o Dia dos Namorados, o Dia das Crianças e o Natal. Sem falar na Black Friday, que caiu no gosto do brasileiro.

Quer vender melhor em datas comemorativas? Conheça a cartilha do Sebrae com dicas valiosas!

Confirmado o crescimento da disposição do consumidor para comprar calçados, devemos nos perguntar: quais são as tendências de estilo e materiais para 2023? Muitas estão consolidadas em um estudo realizado pelo Sebrae de Santa Catarina, que produziu o Boletim de Tendências da Indústria. Conheça algumas:

MACROTENDÊNCIAS

  • Comfy: a gíria para comfortable (“confortável”, em inglês) ganhou evidência na pandemia. Os modelos devem esbanjar materiais leves e macios. Linhas com características ortopédicas devem ser bastante procuradas.
  • Color-blocking e off-white: tonalidades em contraste, as cores sólidas e vibrantes aplicadas em blocos, características do color-blocking, bem como o off-white – tom de branco levemente acinzentado ou amarelado – estarão em alta em tecidos, couros e até solados.
  • Multifuncionais: calçados para diferentes finalidades, desde uma caminhada até compromissos informais. Versatilidade no uso e design fazem deles uma tendência.
  • Sustentáveis: aposte na substituição de insumos de origem animal. Cada vez mais os clientes devem cobrar essa opção. Já as indústrias precisarão buscar reduzir o impacto ambiental.

MATERIAIS, FORMATOS E TEXTURAS

Bico quadrado – O formato, muito presente na década de 1990, está retornando às prateleiras. Modelos aumentam o conforto dos pés por não apertarem os dedos. Pode ser usado tanto em calçados mais formais, quanto naqueles mais casuais.

Mix de texturas – Misturar diferentes texturas e tecidos em uma única peça é promessa para as temporadas 2022 e 2023. Valem tecidos ao mesmo tempo metalizados e animal print, listras e poá... Enfim, o que importa é abusar da criatividade.

Acolchoado – Tecidos acolchoados viram peças de vestuário em 2021, a exemplo das puffer jackets, estilo de jaqueta fofa que dominou as vitrines no último inverno. Agora, são também uma aposta da indústria calçadista. Por serem muito macios, se encaixam no gosto de quem procura modelos comfy. Podem ser utilizados em diferentes apresentações, como mules, papetes e sandálias.

Pelúcias e plumas – Nem todos os consumidores são adeptos, mas quem gosta, ama! No caso das pelúcias, as encaracoladas fazem sucesso e devem integrar calçados de inverno, servindo como manto para a parte interna ou externa de botas e tênis. Já as plumas podem decorar outros modelos, de forma mais delicada e sofisticada, como sandálias de festa e até mesmo de primavera/verão.

Borracha – Vem ganhando atenção da indústria por ser um material confortável para uso, além de utilizar insumo que pode ter origem ecológica, a partir da reutilização de descartes ou da reciclagem de pneus e outros objetos. É uma matéria-prima que deve ganhar um design mais aprimorado e ficar em evidência na indústria em 2022 e 2023.

Feito à mão – Valorizados por quem aprecia o trabalho de artesãos e produtores locais, os calçados feitos à mão podem ser criados em couro e outros materiais e levar detalhes em tricô, crochê ou palha, por exemplo. Com versatilidade, tênis, chinelos, rasteiras e acessórios podem ser criados ou incrementados com técnicas artesanais.

Quer saber mais? Consulte o Boletim de Tendências na íntegra para outras informações sobre confecções e calçados.

Acompanhe novos conteúdos de seu interesse em nossos canais no Telegram!

Telegram

Sebrae Moda

Conteúdos exclusivos sobre o segmento da moda. Conecte-se diariamente com ideias e dicas de sucesso para o seu negócio.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora