Tue Mar 31 17:36:03 GMT-03:00 2020
Empreendedorismo
Criatividade contra o Coronavírus: um olho no peixe e o outro no gato
Em tempos de pandemia o que é melhor fazer: apagar incêndio ou preparar o meu negócio para o futuro? A resposta ideal seria desenvolver as duas ações.

Em tempos de pandemia o melhor a fazer é proteger a própria saúde e a de sua família. Uma vez tomado esse cuidado, é preciso ter foco nas questões emergenciais de hoje mas também tomar ações para manter o seu empreendimento ativo quando a crise passar. 

Sabemos que existem muitos desafios. De um lado, os clientes desaparecem, os membros da equipe adoecem, alguns fornecedores apresentam novos preços abusivos e sem justificativas razoáveis; e, do outro lado, chegam em pilhas os vencimentos dos impostos, as contas de água, luz, telefone, aluguel, insumos e sem falar na folha de folha de pagamento dos funcionários.  

Entendemos que fica difícil manter até a saúde mental e, pensar no futuro, chega a ser um luxo ou algo supérfluo diante de tanta ameaça e perigo. Excetuando as questões relacionadas à saúde, o custo do Coronavírus para a economia global poderá chegar na ordem dos trilhões segundo algumas previsões 

 

Sabedoria popular contra o Coronavírus 

Como aprendemos na sabedoria popular, nessa hora temos que nos dedicar às questões de prazo imediato, resolvendo as demandas que vêm de toda parte. Mas lembre-se, é sempre muito importante cuidarmos do planejamento futuro do negócio. Pois, quando as coisas voltarem à normalidade, você poderá estar numa situação privilegiada se comparada a dos seus concorrentes que, em meio à loucura, não se prepararam antecipadamente. É a hora de deixar um olho no peixe (sobreviver) e o outro no gato (o que vem pela frente, pós-coronavírus). 

 

Para sobreviver – O olho no peixe 

Use soluções alternativas e criativas para manter a operação diária 

Sem pedir licença, a pandemia alterou todos os seus planos. Se ainda não o fez, em breve você confirmará que ela vai, de alguma forma, impactar seu negócio. Cancelamento de viagens, contratos suspensos, leads e clientes praticamente confirmados desaparecendo ou pedindo um tempo para quando as coisas se acalmarem, fornecedores apresentando novos preços de saltar olhos. 

Reúna a sua equipe - se não tiver uma, convide amigos ou familiares que você acredita que podem te dar boas ideias - e faça um brainstorming em busca de ações criativas que possam ser desenvolvidas agora e a médio prazo.

 

Contextualize seus produtos e serviços levando em conta o Coronavírus 

Imagine como seu produto ou serviço poderia ser relevantes em meio a essa pandemia provocada pelo Coronavírus. Agora, imagine como seria uma nova campanha de marketing sobre o seu portfólio ou como você reescreveria seu e-mail marketing ou folder ou mesmo como você falaria, durante um café ou bate-papo, sobre a importância do seu produto ou serviço para um potencial cliente. 

 

Revise prioridades 

Os planos que você tinha feito talvez não sirvam mais neste momento. 

Os objetivos talvez tenham também mudado. 

Mas com certeza as ações para chegar onde se quer não serão as mesmas pois o contexto econômico, de negócios mudou muito. É preciso revisar a rota. 

 

Aja rápido para ajudar seu cliente 

É hora de repensar tudo.

O vento virou, não adianta continuar remando como se a maré não tivesse mudado. 

Não demore para replanejar e começar a agir. 

O caminho você vai descobrir ao se conectar com seu cliente, a se colocar à disposição e ouvir de que maneira ele espera que você o ajude.

 

 

Para pensar à frente - O olho no gato 

Atenda as novas necessidades, crie novos produtos 

A pandemia trouxe uma porção de novos problemas e desafios, que exigem novos produtos e serviços.  
Seja você um criador de soluções para os tempos pós-coronavírus. 
Se você está demandando produtos e serviços inovadores, muitos dos quais sequer existe, seja você o cara que vai inventá-los.

 

Seja pró-ativo,  antecipe-se aos desafios 

Identifique as principais dificuldades que a sua empresa irá enfrentar em breve e após este surto do Coronavírus. Faça uma lista e tente propor 1 a 3 soluções - mas se tiver mais ideias, vá listando - para superar cada uma das dificuldades. Considere problemas como "não conseguimos nos comunicar com os nossos principais clientes" ou até situações mais extremas como "nossa cadeia suprimento de matéria-prima estará completamente interrompida". 

Em seguida, faça uma votação com sua equipe ou faça você mesmo(a) uma ordenação segundo o impacto de cada uma das dificuldades na sobrevivência do seu negócio. Da mais "letal" para a menos impactante.

 

Seja criativo

Nunca na história se pensou que isso iria acontecer no mundo (só em filme de ficção científica e olhe lá). 
Agora é o momento da criatividade! 
Ouse! Faça do jeito que você acha que é possível – mesmo que nunca ninguém tenha feito. Só não vale abrir mão da segurança. 
Pense em como atender o cliente, em como receber do fornecedor, como criar novos protocolos de segurança nos processos.  
Busque energia para pensar que vamos superar isso nos tornando melhores pessoas, empresas e profissionais depois disso. 

 

Escrito por Geraldo Magela Souza, colaborador do Sebrae Nacional e Marcelo Pimenta, professor universitário, palestrante e empreendedor.

Foto de Ameen Fahmy no Unsplash.

O conteúdo foi útil para você?

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora