Pular para o conteúdo principal
Wed Jul 29 09:46:23 GMT-03:00 2020
Finanças | GESTÃO FINANCEIRA

Organize as finanças para sobreviver à crise

Aproveite o tempo da quarentena para fazer um planejamento financeiro. Conheça algumas etapas para readequar seus gastos e manter o caixa no azul.

· 23/04/2020 · Atualizado em 29/07/2020

O surto causado pelo novo coronavírus trouxe uma crise que pegou todos de surpresa e está exigindo adaptação de toda a comunidade.

Os donos de pequenos negócios são os mais afetados, pois estão de portas fechadas para curprir as medidas de isolamento social. Se não contarem com uma reserva emergencial e uma boa gestão, a crise pode ser fatal para ele.

Apesar do cenário incerto, é o momento de manter a calma, se organizar e rever o orçamento para melhorar a saúde financeira. Para ajudar nesse processo, criamos um passo a passo de como reorganizar as finanças da empresa para avançar com mínimos impactos possíveis e planejar o futuro com segurança.

Anote todos os gastos

O primeiro passo é organizar o seu fluxo de caixa, anote todos os gastos, por um mês, para visualizar um cenário completo. Nesse momento você precisa saber o quanto, efetivamente, se tem em caixa. liste os ganhos, as despesas fixas e essenciais do mês e também os gastos variáveis.

Liste as dívidas e negocie prazos

Identifique todas as dívidas que estão consumindo parte do seu orçamento. Liste os empréstimos, os parcelamentos, as negociações, os boletos atrasados, as mensalidades, as faturas do cartão, o cheque especial, tudo.

Feita a lista, renegocie as suas dívidas mais urgentes e organize as demais. E lembre-se: dívidas urgentes são aquelas que vão desestabilizar a vida do negócio.

Em seguida você pode tentar negociar os valores, os prazos e ainda as entregas para que o seu negócio não pare de funcionar. O diálogo é a melhor forma de encontrar um equilíbrio para todos, afinal, estamos passando por essa crise juntos.

Estabeleça metas

Definir prioridades é uma maneira de manter o foco, e isso motiva todos a reduzirem os gastos e controlar o consumo em nome do objetivo maior, por isso estabeleça suas metas de curto, médio e longo prazo de forma clara e objetiva, com período e o valor planejado.

Tenha um reserva de emergência e comece a investir

Com todas as finanças organizadas, é hora de começar a sua reserva de emergência. Alguns especialistas defendem de três a seis meses reservados, mas o mais importante é que você comece.

Com a reserva criada, você pode também começar a investir ou escolher produtos com um pouco mais de risco e/ou vencimento mais distante, em nome de maior rentabilidade.

_________________________________

Veja também

Você sabia que a principal dificuldade dos donos de pequenos negócios é conseguir deixar os pagamentos em dia? Nós criamos um conteúdo especial sobre o assunto, com dicas para os empreendedores não contraírem dívidas durante a quarentena.

Acesse e saiba mais sobre como controlar seu caixa >

Está precisando de ajuda para reduzir custos e aumentar receitas? Nós selecionamos seis serviços financeiros para oragnizar as finanças.

Acesse a lista >

Crédito é a saída para tirar o seu negócio da crise? Veja como sua empresa pode se beneficiar da parceria que fizemos com a Caixa, que concede empréstimo com taxas mais baixas e maior prazo de pagamento.

Acesse para conhecer as condições >

Compartilhar

O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora