ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Wed Apr 29 13:45:41 GMT-03:00 2020
Empreendedorismo
Prontos para o novo normal? Sua startup com propósito faz a diferença
Como se diferenciar no mercado por meio do impacto que sua startup promove e engajar mais consumidores em sua causa?

Com a crise do Coronavírus, há um grande crescimento no número de empresas adotando práticas que promovem o bem-estar social. Mas, o X da questão é: Como elas podem se diferenciar no mercado, garantindo que as suas missões e impactos se destaquem na multidão?

O diferencial competitivo da sua startup com propósito é medido pelo impacto que causa na comunidade. Quanto mais sua empresa causar impacto positivo, maior será a geração de bem-estar social alcançada pelo sucesso do negócio.

Para que as startups maximizem seu impacto, elas devem alcançar e ativar efetivamente a atenção de seu público-alvo, algo que parece difícil, diante de uma quantidade de empresas parecidas competindo pela atenção do consumidor durante este período de distanciamento social.

Então, aqui seguem algumas dicas estratégicas para fazer sua startup se diferenciar no mercado durante a crise:

Alinhe sua causa aos valores de seu consumidor

Se o seu negócio apoia uma causa que não combina com seus clientes, você já começa se perdendo em sua operação. Reserve um tempo para entender os problemas com os quais seu público-alvo se importa nesta pandemia e insira sua startup no contexto desta necessidade.

Esquecendo a comparação com o tempo de distanciamento social em que vivemos, veja um exemplo: a empresa americana, UChic, de venda de produtos educacionais, descobriu que o mercado-alvo de mulheres no ensino médio e em idade universitária valorizava experiências fora da sala de aula, como estudar em viagens ao exterior e estágios, mas não possuíam recursos para financiamento.

A partir desse conhecimento, criou um programa de bolsas de estudo que fornece o financiamento necessário para seus consumidores, financiado pelas vendas de seus livros e produtos da marca.

Ou seja, alinhe seu foco social com os valores de seus clientes e eles estarão mais dispostos a defender e comprar de sua empresa.

 

Mostre seu impacto

A narrativa do impacto deve estar no coração de sua startup. Não basta simplesmente dizer números sobre o total de investimento realizado à determinada causa que o seu negócio contribui ou o aumento do seu portfólio de produtos. Mostrar o impacto na vida das pessoas atingidas com a sua missão é o grande diferencial. Ainda com base no exemplo anterior da empresa UChic, ela destaca histórias das mulheres que apoiam no programa de bolsas de estudos, dando um rosto às jovens mulheres que os clientes estão ajudando, por meio da  compra de seus produtos.

Nas redes sociais, crie um espaço dedicado a falar de sua missão, seu objetivo e seu impacto tangível para as pessoas e para o espaço/território ou setor em que atua o seu negócio. Compartilhe as narrativas e detalhes do que está fazendo de diferente na vida das pessoas.

Deixe claro para os seus clientes que você está atingindo resultados humanamente desejáveis e com certeza você terá fidelização deles, pela compra de produtos que contribuem para a bem-estar da comunidade.

 

Envolva os seus clientes

Os clientes se sentem mais conectados às startups quando são convidados a participar do processo de criação/expansão de seu valor. Outra startup americana de moda online, a TOMS Shoes, compartilhou com vários parceiros o seu modelo de negócio adotado, no qual, para cada sapato ou bolsa vendidos, um outro é doado para locais de pobreza extrema. Esses parceiros naturalmente incentivam seus clientes a ingressar na "TOMS Tribo", formando uma rede de comunicação para um mundo melhor - todos apoiados pelo poder da marca TOMS.

Ao fazer isso, a TOMS Shoes tem parceiros empresariais e clientes em todo o mundo compartilhando histórias do poder do impacto gerado.

E como forma de encantamento, por que não chamar os clientes de embaixadores(as) da sua marca ao invés de simples consumidores para além desta época de pandemia?

Entregue um produto que seja atrativo e super acessível

Você pode adotar as melhores práticas de uma empresa de impacto social e apoiar uma causa incrível, mas se o seu produto não atrair seu mercado, sua empresa não ganhará força e não será lucrativa. Uma empresa de sucesso combina promover a causa que seu público-alvo acredita e oferecer os produtos que atendem às suas necessidades e desejos.

A startup americana de venda online de óculos Warby Parker é um exemplo. Eles atraem a geração Y, com opções de óculos fáceis e com preços acessíveis, atraindo o cliente pela entrega de até 5 produtos gratuitos em sua casa, para teste e devolução em seguida, mediante cadastro do cartão de crédito. Ela também é famosa pelas ações sociais. Ao invés de doar um par de óculos para cada um vendido para uma pessoa que precisa, a empresa implantou uma estratégia que cria uma oportunidade de melhorar a vida dessas pessoas.

Assim, parte do dinheiro das vendas online da Warby Parker é direcionada para uma instituição chamada Vision Spring, a qual se conecta com comunidades carentes ao redor do mundo, treinando as pessoas para fazer exames de vista e fornecendo pares de óculos para que elas vendam por preços super baixos para outras pessoas necessitadas. Eles também são uma das únicas empresas de “eyewear” neutras em carbono no mundo.

Crie uma forma de ajudar quem precisa por meio de ações que continuarão a fazer efeito no longo prazo.

 

Faça uma campanha de marketing digital com a essência de seu propósito

Estudos de mercado apontam que grandes empresas, além das doações que estão fazendo em tempos da COVID, buscam se reinventar para reduzir seus espaços, diminuir custos, repensar sua logística, além de proteger mais o meio ambiente e serem mais solidárias. Passam a adotar um novo estilo de vida empresarial com propósito mais social, sem esquecer de gerar lucro, mas, atendendo e resolvendo demandas de grandes problemas da sociedade.

Se você tem uma startup e quer transformá-la em uma startup de impacto social, crie uma campanha de marketing digital alinhada às dicas aqui citadas.

 

Dose extra de inspiração

Acredito que a partir do novo normal será possível perceber que a expressão “todo empreendedor precisa ser um empreendedor de impacto social” fará mais sentido no mundo dos pequenos negócios, que em meio a esta crise econômica e social, resolveram mudar seus rumos ou reinventar seus modelos de atuação.

Assim, os negócios que operam nos últimos 50 anos deverão passar por modelos de transição, porque não sobreviveremos como sociedade ou planeta se não derrubarmos os muros que separam as atividades econômica, social e ambiental dos negócios.

Elaborado por Valéria Barros, colaboradora do Sebrae Nacional.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora