ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Fri Apr 17 17:48:56 GMT-03:00 2020
Leis
Saiba como para solicitar o auxílio emergencial pelo app da Caixa
Trabalhadores informais, sem renda e MEI não registrados no CadÚnico e que não recebem Bolsa Família devem se cadastrar na plataforma para usufruir da medida.
  • Quem pode se cadastrar
  • Como se cadastrar
  • Ainda tem dúvida?

A Caixa Econômica Federal lançou um aplicativo e um site para que MEI, trabalhadores autônomos e informais se cadastrem a fim de receber o auxílio emergencial de R$ 600. Para você, que ainda tem dúvidas de como fazer o registro, preparamos um guia prático com o passo a passo para solicitar o benefício, confira!

Antes, porém, veja se cumpre os requisitos.

Quem pode se cadastrar

O benefício será pago a trabalhadores informais, autônomos e MEI que se encaixem nos requisitos abaixo:

  • Ter mais de 18 anos de idade e CPF ativo.
  • Ter renda mensal de até meio salário mínimo (R$ 522,50).
  • Ter renda mensal até três salários mínimos (R$ 3.135) por família.
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.
  • Não receber benefícios previdenciários, assistenciais nem seguro-desemprego (o Bolsa Família não impede usufruir do auxílio).

A mulher que for mãe e chefe de família e estiver dentro dos critérios poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês. Na renda familiar, serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família.

Se, durante o período de três meses, você for contratado no regime CLT ou se a renda da sua família ultrapassar o limite, também não deixará de receber o auxílio.

Se estiver registrado no Cadastro Único (CadÚnico) ou for beneficiário do Bolsa Família, você não precisa usar o app ou o site. Saiba mais sobre essa possibilidade aqui.

Como se cadastrar

1. Faça o download do app Caixa Auxílio Emergencial no seu aparelho ou acesse o site.

2. Na página inicial do app ou do site, clique em “Realize sua solicitação” e em seguida leia os requisitos necessários para saber se tem direito ao auxílio emergencial. Preencha os dados como nome completo, CPF e data de nascimento.

3. Depois, digite o número do celular para receber um código de verificação por SMS. Assim que a mensagem chegar, insira no campo “Código recebido”.

4. Na próxima tela, informe sua renda, o ramo de atividade (as opções são Agricultura e pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho doméstico e Outros), estado e cidade. Concluída a etapa, digite os dados dos integrantes da família que moram com você.

5. Depois, escolha se deseja receber em conta já existente ou se quer criar uma poupança digital. Após informar a opção, forneça o número do seu documento (RG ou CNH). 

6. Em seguida, verifique se os seus dados estão corretos. Se não tiver nada a alterar, clique em “Concluir sua solicitação”.

7. Ao final do cadastro, você é informado de que seu pedido foi recebido e está em análise. Em até cinco dias úteis, consulte no site ou no app o resultado da solicitação.

Calendário de pagamento

  • 9 de abril: pagamento da primeira parcela para os correntistas da Caixa e do Banco do Brasil.
  • 14 de abril: pagamento da primeira parcela para os demais correntistas.
  • De 27 a 29 de abril: pagamento da segunda parcela para todos.
  • 30 de maio: pagamento da segunda parcela para todos.

Ainda tem dúvida?

A Caixa também disponibilizou o telefone 111 para esclarecer quaisquer questões sobre o auxílio emergencial. E nós preparamos abaixo respostas para as perguntas mais frequentes. Veja se a sua dúvida está aí.

Já recebo o Bolsa Família, o que eu devo fazer? 

Nada. Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento do auxílio emergencial será automático e seguirá o cronograma de pagamento do programa, sem alterações na forma de recebimento.

Eu não tenho conta em banco nenhum, o que devo fazer?

A Caixa vai abrir uma conta poupança digital gratuitamente para quem não tiver conta em banco (será possível fazer pagamento de contas e transferências sem custo).

Não tenho conta na Caixa nem no Banco do Brasil? Vou receber o auxílio?

Se tiver conta em outro banco, mesmo privado, a Caixa fará a transferência.

Estou devedor na minha conta no banco. Se o valor do auxílio emergencial entrar, o instituição financeira poderá usar esse recurso para quitar a minha dívida? 

Não. Se estiver em débito na sua conta, os R$ 600,00 não serão utilizados para amortecer a dívida.

Estou sem crédito no meu celular. Posso acessar o app mesmo assim?

Sim, foi feito um acordo com as empresas de telefonia para isso.

Posso acessar o app por outro celular que não o meu?

Benefício é vinculado ao CPF, logo, pode ser feito o cadastro em qualquer celular (não precisa ser o celular do próprio beneficiário).

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora