ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Fri Sep 13 14:00:51 GMT-03:00 2019
Leis
Regime Tributário: saiba qual é o certo para a sua empresa
Ao acertar na escolha do regime tributário, você reduz o pagamento de impostos e aumenta o lucro da sua empresa! O Sebrae ajuda, ainda, a fazer o cálculo.
  • O que é
  • Conheça os regimes
  • Como calcular

O que é

O regime tributário nada mais é do que conjunto de normas que determinará quais são os impostos aplicados à sua empresa, como eles devem ser pagos e em quais períodos.

O que eu preciso saber para optar pelo regime tributário ideal?

Você pode estar se perguntando como irá fazer a opção correta. É esse caminho que vamos te apresentar agora. Para fazer o planejamento e saber qual a melhor forma de recolher impostos, ou seja, encontrar o regime tributário ideal para a sua empresa, você precisa levar em conta:

  • Faturamento anual;
  • Segmento que a empresa se enquadra.

Conheça os regimes

Confira os regimes tributários abaixo:

Você sabe qual a diferença entre eles? Quando souber esta resposta, poderá optar pelo melhor regime tributário para a sua empresa. Queremos que você tenha condições de escolher sem nenhum tipo de dúvida.

O Simples Nacional é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

O Simples Nacional é melhor aplicado à micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 4.8 milhões de reais.

Para ingressar no Simples Nacional você precisa:

  • Enquadrar-se na definição de microempresa ou de empresa de pequeno porte;
  • Cumprir os requisitos previstos na legislação; 
  • Formalizar a opção pelo Simples Nacional.

Para a escolha desse regime o limite de faturamento deve ser de até 78 milhões de reais. A opção pelo regime de tributação com base no Lucro Presumido será manifestada com o pagamento da primeira ou única quota do imposto devido correspondente ao primeiro período de apuração de cada ano-calendário.

Como calcular


O Sebrae criou uma ferramenta para comparar as diferenças de alíquotas de imposto entre os regimes do Simples Nacional e do Lucro Presumido. Com o auxílio da Calculadora, será mais fácil decidir qual é o melhor regime tributário para o seu negócio.



Como é feito o cálculo?

O cálculo do Simples Nacional é feito por meio de comparação entre as alíquotas aplicadas sobre cada faixa do Simples incidentes sobre os segmentos de comércio, indústria e serviços.

Já o cálculo do Lucro Presumido é feito com base na média das alíquotas de impostos incidentes sobre cada um dos ramos de atividade indicados na calculadora.

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora