GESTÃO

Como administrar a sua floricultura

O consumidor quer beleza, preço justo e durabilidade. Para isso, é essencial que você planeje estrategicamente sua empresa e reflita sobre a rotina de serviços.

O mercado de flores e plantas historicamente viveu de dois apelos: sedução e decoração social. Constantemente a vida está mudando, e as lojas devem acompanhar estas alterações de comportamento para que possam aumentar o número de vendas.

Estas mudanças no consumo estão causando vários efeitos colaterais:

  • As flores ganham espaço como presente complementar;
  • Aumenta o consumo de flores para uso próprio, potencializando um comprador mais frequente;
  • As mulheres passam a ser as consumidoras diretas, em vez de serem o destino do presente;
  • As empresas percebem que a qualidade de vida no trabalho é fator de produtividade e sabem que as flores podem ajudar a melhorar o ambiente;
  • As pessoas estão comemorando mais fortemente as datas familiares para reforçar seus relacionamentos e proteger suas famílias do “mundo caótico lá fora”, gerando mais uma alternativa para o consumo de flores e plantas.

Isso significa dizer que o consumo do “Bem-estar” será impulsionado. Bem-estar significa ser feliz, e não está relacionado ao preço das flores na sua loja versus o preço desse produto no supermercado mais próximo. Tem a ver com o que você pode proporcionar ao seu cliente.

Acesse a publicação e saiba como administrar esse negócio.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: