DEVERES E OBRIGAÇÕES

Como formalizar seu negócio no mercado da música

A profissionalização e a formalização podem oferecer grandes oportunidades de crescimento e sucesso nesse importante mercado de economia criativa.

A música é um segmento de negócios bem alternativo, especialmente se considerarmos que muitos músicos e bandas começam em garagens, tocando em barzinhos, gravando em pequenos estúdios. No entanto, características assim não são motivo para continuar sem formalização. Uma vez regularizado e com muito trabalho, fica mais fácil conseguir os louros do sucesso e da realização profissional.

Este material aborda a importância da formalização de empresas no mercado da música, dividindo-as conforme os diversos enquadramentos (MEI, EIRELI, sociedade limitada, cooperativa etc.) e mostra o passo a passo para garantir a regularização.

Há também um caso de sucesso da cantora Rita Benneditto, que, ao lado de sua irmã e com o apoio do Sebrae, montou e formalizou sua produtora e levou sua música para fora do País.

Outro caso envolve os irmãos Uilton e Uedson Nascimento, músicos que viram seus rendimentos aumentarem depois da formalização como MEI.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: