this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Thu Jul 29 10:50:14 BRT 2021
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
A startup do Anderson leva soluções biotecnológicas a outras empresas

Apoiada pelo Sebrae, a empresa atua principalmente nas áreas da indústria, saúde e meio ambiente, com tecnologias criadas a partir de consórcios microbianos

· 29/07/2021 · Atualizado em 29/07/2021

"Muitas vezes, quando o empreendedor não sabe alguma coisa, ele corre atrás. Mas, na área de negócios, às vezes a gente nem sabe que não sabe. Então, o Sebrae é muito importante, porque indica consultores especializados em cada área para ajudar o empreendedor a trilhar o caminho mais fácil, além de abrir muitas portas e fortalecer muito o networking."

Desde que entrou na faculdade de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Anderson Fragoso dos Santos já sabia que gostaria de construir uma trajetória acadêmica dedicada à pesquisa científica. E foi exatamente o que aconteceu durante sua graduação, mestrado e doutorado na instituição. Assim, ele se tornou microbiologista e pesquisador.

Quando cursava o seu pós-doutorado na área, decidiu fazer ao mesmo tempo um MBA em Gestão de Negócios. A partir dessa capacitação, juntando o conhecimento científico e o empreendedorismo, ele começou a pensar em formas de levar para o mercado as tecnologias e outros produtos desenvolvidos a partir de pesquisas realizadas na universidade.

Dentro de laboratórios da UFRJ, nasceu em 2019 a Luminase, uma startup de desenvolvimento tecnológico na área de biotecnologia microbiana.

"Hoje a gente traz soluções a empresas através do desenvolvimento tecnológico de consórcios de micro-organismos, ou seja, bactérias do bem, para solucionar problemas em diversos setores industriais, de saúde e meio ambiente."

O microbiologista explica que a empresa atua em três principais linhas: a primeira delas é o reaproveitamento de resíduos industriais para a produção de enzimas por meio dos consórcios microbianos, enzimas que são usadas na própria indústria, fechando um ciclo; a segunda delas é na área ambiental, com a utilização das bactérias para recuperar áreas degradadas por petróleo; e a terceira linha de atuação é na área de saúde humana, com o transplante microbiano, indicado para tratar casos de depressão, ansiedade e obesidade.

Anderson lembra que conheceu o Sebrae por meio de eventos relacionados à inovação. Ele se interessou e passou a acessar os serviços, produtos, prêmios e programas, entre eles o InovAtiva Brasil, maior programa de aceleração do país; o Bio Startup, programa de aceleração do Sebrae Rio de Janeiro; o prêmio Sebrae Like a Boss como melhor startup de 2019; e passagem por duas turmas do ProInter Bio, programa de aceleração e internacionalização de negócios de alto impacto em bioeconomia.

"Em todos esses projetos, tivemos consultorias especializadas em diversas áreas, como modelagem de negócio, gestão e finanças, que foram muito importantes para a Luminase."

Segundo Anderson, o foco agora é concluir a reestruturação que começou com a chegada da pandemia, quando houve uma interrupção do trabalho no laboratório. 

"Olhamos internamente para realizar essa tarefa e começar a captar investidores privados. Antes, estávamos muito focados em editais. Assim que finalizarmos, vamos começar a correr atrás desses investidores."

Site: luminase.com.br

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul 

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de formar online e gratuita.

Acesse agora