this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Wed Sep 01 11:48:43 BRT 2021
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Artur lançou marca de chocolate e formou rede sustentável de produção

Seus produtos orgânicos são feitos com o cacau cultivado por 32 famílias da Floresta Amazônica, valorizando o extrativismo e fortalecendo a comunidade

· 13/04/2021 · Atualizado em 01/09/2021

Durante toda sua formação como biólogo, Artur Bicelli esteve conectado à floresta, a seus povos, comunidades e culturas. Fazendo pesquisa ou projetos de extensão na região de Manaus (AM), ele conheceu um outro estilo de vida e produção, baseado na sustentabilidade e no apoio múltiplo entre os trabalhadores da floresta organizados em uma rica cadeia produtiva de extrativismo de cacau.

Desde os primeiros contatos com essa realidade do campo, ele sabia que aquele trabalho precisava ter o seu verdadeiro valor reconhecido. “Percebi que se tratava de um trabalho muito interessante, mas tanto os produtos como os trabalhadores não eram valorizados.”

Pensando em como colaborar com aquela comunidade, Artur buscou fortalecer alguma atividade econômica que pudesse tanto incentivar as famílias extrativistas do cacau nativo quanto valorizar esses produtos da Floresta Amazônica.

O ano era 2013, e o biólogo estava cada vez mais imerso na pesquisa sobre a cadeia produtiva do cacau, ao mesmo tempo em que já começava a formar parcerias para começar a produção de chocolate. Estruturada essa rede de fornecedores entre os trabalhadores da floresta, lançou então a marca NA'KAU Chocolate Amazônico.

Mas logo Artur esbarrou nos primeiros desafios de quem abre uma empresa e não tem experiência em negócios: captação de recursos, licenciamento e outros processos burocráticos. Ciente de que sozinho seria muito mais complicado vencer essas dificuldades, decidiu procurar o Sebrae, porque já sabia que lá encontraria apoio para resolver essas questões.

Ao iniciar a parceria, as prioridades foram identificadas, e o primeiro programa que acessou foi o Sebraetec, para o aprimoramento de produtos, como a criação visual da marca. Em seguida, contou com todo o apoio necessário para conseguir a certificação orgânica dos produtos.

“Um dos pontos mais importantes foi a certificação orgânica, que aprimora o conceito da empresa, atrai novos clientes e novos pontos de venda. Essa certificação também se estende aos produtores, que recebem assistência técnica com apoio da empresa e do Sebrae.”

Artur também destaca que o Sebrae o conectou a uma rede de empreendedores, fornecedores e consumidores ao abrir diversas portas principalmente por meio da participação em eventos. "O Sebrae é fundamental para o empreendedor, pois ajuda muito em todas as áreas. Para tudo que a gente precisa, ele tem os meios e prontidão para auxiliar."

Hoje a NA'KAU conta com 25 produtos, emprega 32 famílias produtoras, em sete municípios do estado, que recebem mais pelo cacau selvagem do que a média de mercado. A marca conta com 50 pontos de venda em quatro estados brasileiros.

E todos esses números, assim como a rede de pessoas impactadas pelo negócio sustentável do Artur, devem aumentar até o final deste ano e seguir em expansão. O empreendedor comprou novas máquinas, e a previsão é de que a produção aumente de 400 kg por ano para 7 toneladas. Fortalecer a distribuição em São Paulo, para aumentar as vendas na região, que é estratégica para o crescimento do negócio, também está entre as prioridades de 2021.

Site: NA'KAU

Instagram: nakauchocolates

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de formar online e gratuira.

Acesse agora