this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Mon May 10 15:04:10 BRT 2021
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Luana realizou o sonho de abrir um studio fitness na periferia de SP

A ex-atleta olímpica e empresária diz que o Sebrae foi fundamental para que ela conseguisse tirar a ideia do papel e estruturar o negócio

· 07/05/2021 · Atualizado em 10/05/2021

"Além da parte educacional, o Sebrae te ajuda a se tornar um empreendedor e desenvolver o seu talento. É um grande suporte para o micro e pequeno empresário. Para mim, foi uma parceira muito significativa."

Ex-atleta da Seleção Brasileira de Atletismo, Luana Machado sempre trabalhou com o corpo. Começou aos  seis anos no balé clássico, passando pela capoeira, até chegar ao esporte de alto rendimento e se tornar uma atleta olímpica.

"Quando entrei no atletismo, comecei a me destacar. Sempre da periferia, pensei que a única forma de  entrar na universidade e me formar era ter uma bolsa por causa do meu desempenho no esporte. E foi assim que aconteceu, entrei na universidade e fiz toda a formação como bolsista."

Depois que se  formou em Educação Física, entrou em um projeto esportivo no qual trabalhava e treinava ao mesmo tempo. Quando acabou o projeto, começou a dar aulas como personal trainer em 2007,  e esse foi o seu início no empreendedorismo.

Em 2013, decidiu se formalizar como MEI (Microempreendedor Individual) para facilitar o seu controle financeiro em 2013. Em seguida, comprou uma máquina de cartão,  e assim, passou a oferecer  aos alunos uma facilidade maior para o pagamento das aulas.

Já aposentada do atletismo, casada com outro atleta olímpico, Fábio Gomes, e mãe de dois filhos, viu que, em 2017, havia chegado o momento de pensar mais seriamente em realizar o sonho de ter sua própria academia.  "Para uma mulher negra da periferia, aquilo era um sonho mesmo. "

Para tirar a ideia do papel, começou a pesquisar sobre o mercado e procurou o Sebrae, onde explicou os seus planos e passou a receber consultoria. Na semana seguinte, já começou a trabalhar no plano de negócios. Concluída essa etapa, o consultor explicou que ela precisaria de um financiamento.

"Fui a todos os bancos, privados e públicos, e recebi a negativa porque eu não tinha capital de giro. Voltei ao Sebrae, e o consultor me falou do Desenvolve SP, que tinha uma linha de crédito que poderia atender o meu projeto. Aí deu certo, e o dinheiro saiu em 2019."

Luana destaca que sempre quis que seu negócio funcionasse na periferia. Por isso, escolheu um espaço na Casa Verde Alta, em São Paulo (SP). "Eu queria que na região tivesse um local com a mesma qualidade de serviços que eu via nas áreas nobres. E meu marido e eu temos o diferencial de sermos ex-atletas olímpicos."

Em fevereiro de 2020, finalmente chegou o momento tão esperado, e ela abriu as portas de seu Studio Olimpic Shape. Entre as modalidades oferecidas estão dança, pilates, funcional, serviços estéticos de beleza, atendimento nutricional, massagem, manicure e pedicure.

"Como temos muitas clientes mulheres no crossfit, então eu sempre quis trazer esses serviços femininos.  Deu certo, os clientes só vem aumentando, assim como a fidelização. É o melhor espaço para treinar na região."

A empresária também realiza no Studio atividades voltadas para crianças de baixa renda, como aulas de danças. "Estou muito feliz de poder ter esse espaço diferenciado na periferia, liderado por uma mulher negra. Juntando tudo isso, é um empreender com muito sonho e amor envolvido."

Hoje, Luana continua contando com o apoio do Sebrae e faz parte do ALI (Agente Local de Inovação). Também fez o curso Mil Mulheres e foi selecionada para fazer uma capacitação, desenvolvendo projetos com mulheres em vulnerabilidade social.

Quando chegou a pandemia,  a empresária diz que foi remodelando o negócio para funcionar também pela internet. "Fizemos atendimentos online, depois reabrimos em julho e tínhamos todos os clientes de volta, claro, com todos os procedimentos de segurança."

Ainda em 2021, Luana quer colocar em prática um novo projeto que surgiu a partir do pedido de uma cliente em 2020: realizar dia de noivas no Studio Olimpic Shape. "Um combo de serviços que a pessoa pode presentear alguém ou ela mesmo: massagem, bufê, manicure, um mini spa." A empreendedora também pretende fazer eventos voltados para mulheres e um torneio de crossfit.  Além disso, quer convidar outros ex-atletas olímpicos para dar cursos no local.

Site: Studio Olimpic Shape

Instagram: studio_olimpic_shape

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado