this is an h1

this is an h2

Fri May 20 15:13:34 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Adriana inova e encanta com empresa de pipoca gourmet

A empreendedora contou com a ajuda do Sebrae para estruturar o negócio nada convencional, que agrada tanto os paladares, quanto os olhares dos clientes

· 20/05/2022 · Atualizado em 20/05/2022

“As consultorias e treinamentos que fiz no Sebrae sempre tiveram profissionais e parceiros extremamente capacitados e qualificados. Tive a felicidade de encontrar pessoas que me ajudaram muito nas áreas de inovação, design e presença digital.”

Amor pela culinária e vontade de empreender. Os dois fatores foram essenciais para que a microempreendedora individual (MEI) Adriana Marrone criasse a Pipoca Imperial, um negócio inovador que tem atraído a atenção e o paladar da população de Petrópolis (RJ).

Natural de Rio Claro, interior de São Paulo, graduada em Administração de Empresas e pós-graduada em Logística e Gestão de Operações pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a empreendedora iniciou sua vida profissional em uma fábrica de calçados femininos. 

Depois disso, passou por diferentes segmentos e setores, onde reuniu conhecimento prático, até que, em sua última experiência, atuou por onze anos como gestora em uma distribuidora de combustível em Uberaba (MG).

Ao deixar o mercado de trabalho com mais de vinte anos de experiência, Adriana decidiu que era hora de administrar o próprio negócio. Com algumas ideias, a única certeza que tinha era de que precisava investir em algo de que realmente gostava. “Fazer algo que amamos nos traz entusiasmo e inspirações ilimitadas que proporcionam inúmeras possibilidades e oportunidades dentro do segmento em que atuamos”, destacou.

O amor pela culinária já era uma tradição da família, mas o “empurrãozinho” que precisava para dar o pontapé inicial aconteceu em 2014, enquanto assistia à TV.  “A matéria mostrava o início das pipocas gourmet no Brasil e, nesse mesmo período, eu preparava minha mudança para o Rio de Janeiro.

Decidida e já com o projeto em mãos, Adriana buscou apoio do Sebrae para ajudar a estruturá-lo. “Na fase inicial, foram realizadas muitas pesquisas, testes de sabores e degustações em shoppings, galerias, pontos comerciais, inclusive com familiares e conhecidos. O intuito era consolidar estratégias para a validação do negócio voltado ao mercado de pipocas gourmet”, contou. Foi então que, em janeiro de 2017, a sua empresa, Pipoca Imperial, nasceu em Petrópolis (RJ). 

“A opção pelo MEI foi por querer formalizar a empresa sem grandes dispêndios ou ônus fiscais, visto que em outras modalidades os encargos fiscais são extremamente altos e, para quem está começando, isso faz grande diferença.”

A cidade de Petrópolis, por sua vez, serviu como cenário para a criação da marca. “A empresa traz uma requintada coleção de pipocas gourmet com um conceito que nos remete à história da cidade. É 100% artesanal e produzida com ingredientes selecionados que proporcionam um misto de aromas e sabores nada convencionais”, detalha Adriana.

Hoje, os produtos são comercializados no site da empresa, em marketplaces e por meio de parceiros, como bistrôs, cafés e empórios. “Estamos fazendo investimentos internos para ter capacidade para as novas demandas de mercado que estão em prospecções”. Pensando no futuro, Adriana ressalta o desejo de “expandir, fechar mais parcerias e alcançar os demais estados do Brasil”.

Site: Pipoca Imperial

Facebook: @pipocaimperial

Instagram: @pipocaimperial

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora