this is an h1

this is an h2

Wed Apr 13 11:45:39 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Andrea inovou e abriu empresa especializada em marketing e turismo

Com as viagens paradas desde o início da pandemia, a empresária viu no crédito uma solução para enfrentar a crise e não fechar o negócio

· 13/04/2022 · Atualizado em 13/04/2022

"Acho que o Sebrae é tudo para o empreendedor. Vejo o Sebrae Talks no YouTube e é perfeito. Uma dica atrás da outra, tudo que você precisa, cada vez mais digital. Dão todo o suporte e oferecem acesso a todos, porque é online."  

Formada em Turismo e Administração Hoteleira, Andrea Sutil começou sua carreira  trabalhando como estagiária em uma grande operadora de turismo em Salvador (BA), em 2002. Na empresa, ela trabalhou no setor de marketing, no qual se especializou, e acabou abrindo uma nova frente de trabalho em sua vida profissional.

Quando voltou para casa em Curitiba em 2004, ela encontrou um mercado bem menor no seu segmento e, inicialmente, foi difícil encontrar um emprego na área. Mas aos poucos as coisas foram dando certo, e ela foi trabalhando em pequenos empregos até chegar a uma agência de turismo consolidada. Como nessa época ela já tinha Pós-graduação em Marketing e experiência na área, não demorou a ser promovida gerente do setor na agência em que trabalhava.

Foi nesse momento que ela teve o primeiro contato com o Sebrae. Andrea lembra que foi muito bem recebida e que os consultores se entusiasmaram com o trabalho que ela realizava.

"Quando eu contei para o pessoal o que eu fazia, a maneira como eu trabalhava o marketing, eles começaram a me dar muito apoio, inclusive me indicando clientes. Participei de um grupo de vários empresários da área de turismo, eu cuidava das redes sociais desse grupo e dos empresários individualmente. Desde então, participei de vários programas no Sebrae, na minha vida inteira como empresária estive em contato, fiz cursos e até já dei palestras sobre marketing digital."

A partir dessa parceria, Andrea percebeu que havia chegado o momento de ter o próprio negócio e, em 2010, abriu sua agência de turismo, a Sutil Turismo. Na sua empresa, ela passou a cuidar de toda a gestão, mas com ênfase na área de marketing. Para outras empresas, continuou prestando esse tipo de serviço.

Andrea destaca que o Sebrae esteve presente desde o início e em todas as fases do seu negócio. Segundo ela, a parceria contribuiu bastante para o crescimento da empresa.

"O Sebrae sempre esteve presente em tudo, trazendo conhecimento, dando apoio e ferramentas, o que pra mim foi fundamental. Eu tive total apoio do Sebrae desde o começo. Assim, a empresa foi crescendo, aumentando o número de clientes, tanto na parte de turismo quanto na de marketing."

A partir de 2016, a empresária passou a se especializar em turismo espírita, e praticamente passou a atuar exclusivamente nesse segmento, que é o que mais a agrada. Entre diversas atividades, ela organiza excursões e caravanas para cidades importantes para a religião.

Porém, durante a pandemia, ela precisou interromper as atividades turísticas e focou a operação da empresa no segmento de marketing, que também foi bastante afetado pela crise.

"Cancelei 12 viagens agendadas e estou parada ainda, por segurança. Pretendo voltar depois de julho deste ano, e será um recomeço. Na parte do marketing, perdi 70% dos clientes, porque muitas empresas ainda acham inteligente cortar o marketing nos momentos de crise."

Para manter a empresa durante esse período difícil, o jeito foi recorrer a um empréstimo. Para isso, novamente ela contou com o apoio do Sebrae.

"Nunca havia precisado de crédito. Mas, na pandemia, com as viagens paradas e a queda nos clientes de marketing, as contas iam chegando e o faturamento não. Então eu ficava acompanhando sobre crédito, fui ao Sebrae e me informei, fiz um curso e consegui ter acesso a uma linha de crédito. Mais uma vez, o Sebrae facilitou muito a minha vida. Usei o dinheiro para pagar as despesas correntes. E assim estou segurando as pontas até hoje. A sorte é que eu não tive de devolver dinheiro aos clientes, porque eu sempre recebo na hora, nunca adiantado. Graças a Deus, estou conseguindo pagar tudo hoje, o que me deixa bastante tranquila."

A empreendedora destaca ainda que tentou buscar ajuda em outros órgãos, mas o único apoio efetivo que recebeu foi do Sebrae.

"O Sebrae foi o único que deu apoio aos pequenos negócios. Tentei de outras formas aqui no meu estado, mas não havia nenhuma porta aberta. O Sebrae ajudou muito de várias formas, muitas dicas pelo Telegram, pelas redes sociais, lives informativas."

Agora Andrea está totalmente focada na retomada da parte de turismo de sua empresa, que deve ocorrer a partir do segundo semestre. Ela acredita que até lá o setor estará mais aquecido e está empolgada com a possibilidade de voltar a viajar com segurança.

"Como eu cuido do marketing de algumas agências, vejo que as viagens nacionais ainda estão fracas. Mas vou planejar direitinho a minha volta, fazer um trabalho legal de marketing nas redes sociais. Tenho boa expectativa, vejo que as pessoas estão com vontade de retomar a vida como era antes. Estou bem otimista."

 

Instagram: @sutilturismo

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora