this is an h1

this is an h2

Wed May 25 15:17:25 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Flávia Fiorenza abriu loja virtual de cafés especiais

Além de se formalizar como Microempreendedora Individual, empresária foi até o Sebrae de Santa Catarina para atualizar seus conhecimentos

· 25/05/2022 · Atualizado em 25/05/2022



“A formalização como MEI foi o primeiro passo para iniciar a empresa. Para oferecer segurança e profissionalismo e trabalhar em conformidade com os deveres e direitos que o Microempreendedor Individual tem.”

Formada em Direito e com vasta experiência em órgãos públicos no estado de Santa Catarina, Flávia Maria Fiorenza tomou a corajosa decisão de deixar para trás a sua trajetória na área de Direito para começar a empreender. 

Em 2019, a empresária se formalizou como MEI (Microempreendedora Individual) a fim de iniciar as atividades da Cafeine-me, uma loja virtual de cafés especiais que nasceu para democratizar e facilitar o acesso a produtos de alta procedência através de pacotes avulsos e de um clube de assinatura de cafés. 

“O garimpo mensal de cafés, que garante todos os meses uma nova experiência aos assinantes, faz diferença. Com um atendimento personalizado, consigo enviar ao cliente um café de acordo com suas preferências. Acredito que, pelo fato de a maioria dos clientes ser composta de mulheres, promover uma comunicação mais leve faz muita diferença.”

A marca também aposta em kits e acessórios para presentear, fornece café para empresas por meio da assinatura mensal e já realiza eventos com foco em degustação e novos conhecimentos sobre a bebida e melhores métodos de preparo.



Atualmente, a empresária vem iniciando a distribuição de cafés especiais em pontos físicos de Florianópolis e regiões próximas: “Empresas parceiras que de alguma forma se identificam com o produto”.

Para lançar o negócio, Flávia contratou uma empresa especializada em e-commerces e outra para desenvolver e ilustrar os rótulos dos cafés, bem como tirar fotos dos produtos para a divulgação. Os desafios, segundo a empresária, foram relacionados ao registro do nome e da marca e dominar as ferramentas de marketing digital. 

Até então sem experiência como empreendedora, decidiu buscar o apoio do Sebrae de Florianópolis para ter mais segurança nos processos de gestão.

“Fui buscar informações sobre empreendedorismo feminino. Cheguei à inscrição do programa Sebrae Delas em junho de 2019”, relembra. Mais próxima do Sebrae, Flávia também participou de eventos como a Semana do MEI e Empretec — um seminário intensivo voltado para a formação de empreendedores. 

A empreendedora afirma que a empresa tem muito potencial de crescimento devido aos produtos oferecidos, mas o fato de todas as funções estarem concentradas nela acaba limitando a expansão do negócio. Muito em breve, ela deseja contratar dois prestadores de serviços: “Um para o marketing digital e outro para a assessoria virtual”. 

Outra meta da Cafeine-me é expandir a oferta de produtos e serviços para pessoas jurídicas e eventos.

Site oficial

Instagram

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora