this is an h1

this is an h2

Mon Mar 14 09:33:51 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Há 31 anos, Tania mantém de pé restaurante fundado pelos seus pais

Empresária compartilha a receita de sucesso do Madalozo, restaurante conhecido pelo barreado — famoso prato típico paranaense

· 14/03/2022 · Atualizado em 14/03/2022



“O Sebrae ajudou muito a empresa, principalmente na qualificação dos funcionários”.

Fundado em 1967 pelos seus pais, o Restaurante Madalozo foi o local onde Tania Madalozo cresceu. Situado em Morretes, no Paraná, o espaço, na época, era referência em culinária italiana. Por sugestão de um amigo da família, os Madalozo passaram a servir um prato típico da região, o barreado. À base de carne bovina, a iguaria é preparada com condimentos em uma panela de barro hermeticamente fechada. 

O sucesso foi enorme. Em poucos anos, a procura pelo prato aumentou, e o resultado foi visto: em 1978, o restaurante, que antes contava com 15 mesas, passou a ter 270 lugares. 

Formada em Direito, Tania passava os finais de semana ajudando no restaurante. Quando o seu pai faleceu, em 1991, precisou ficar de vez à frente da administração do negócio. 

“Quando eu assumi, foi difícil. Minha mãe estava à frente e aos poucos fui montando uma equipe de apoio”, relembra. A empresária conta que foi no dia a dia que aprendeu a administrar, mas precisou se especializar tanto em gestão quanto nos processos do restaurante. 

Olhando para o passado, Tania relembra uma necessidade que ela e outros donos de restaurantes possuíam. “Houve um período, há anos e anos, que nós estávamos caminhando sozinhos. Não tínhamos apoio de uma administração pública nem de outros órgãos”, conta ela, que também é Presidente da Associação de Restaurantes de Morretes. 

Foi aí que a empresária ouviu falar do Sebrae e decidiu buscar apoio: “É uma parceria de muitos e muitos anos”. Entre os cursos, destaca Manipulação de Alimentos, Qualidade no Turismo, Gerenciamento e Visitas Técnicas. Para Tania, o projeto de Indicação Geográfica do barreado também foi essencial para o restaurante.

“Hoje, o Sebrae é o único órgão que realmente nos apoia.” 

Tania enxerga o Sebrae como um parceiro importante na gestão do Madalozo. Ela destaca a qualificação dos funcionários, bem como os cursos que fez, como essenciais para ter maior conhecimento do mercado e entender as reais necessidades das pessoas. 

“Essa qualificação nos deu uma segurança maior para atender nossos clientes. Tivemos consultorias específicas na parte de gestão e administração. São consultorias que nos ajudam muito, como a de marketing e redes sociais”, cita. 

A empresária também é só elogios à equipe de consultores que a atende: “Eles são super atenciosos às nossas necessidades. O que a gente precisar, vamos conversar com eles”. 

A respeito da pandemia, três palavras: “Um grande desafio”. Mesmo acostumada aos problemas impostos pelo município de Morretes  como fortes chuvas e estradas interditadas, que dificultam o acesso à região —, as adversidades impostas pela crise sanitária e econômica só não foram maiores devido à reserva financeira. Tania também destaca que as medidas do governo federal, como redução e suspensão de jornada, ajudaram a manter o quadro de funcionários de pé.

Com muito esforço, os desafios foram superados. “Todos continuam trabalhando, o movimento voltou ao normal. O susto foi grande, e é algo com que se aprende muito”. 

Em um momento, Tania refletiu sobre a importância do Dia Internacional da Mulher e a presença das mulheres no empreendedorismo. “Houve um avanço muito grande, pois havia discriminação sobre a capacidade da mulher de administrar”, afirma. Mesmo sem nunca ter passado por problemas como esse na área empresarial, acredita que o cenário atual é favorável para as mulheres, “tanto que o número de mulheres à frente de empresas e negócios é muito grande”. “Melhorou muito, e elas tomaram conta do espaço delas”, complementa.



Atualmente, o Madalozo é conhecido pelo barreado, especialmente acompanhado de frutos do mar. Até o momento, a capacidade de ocupação é de 750 pessoas — o que deve mudar logo mais.

Para 2022, a ideia é expandir o restaurante e ampliar a capacidade de ocupação. Além das reformas, Tania contou sobre a necessidade de investir mais em produtos do restaurante que são iguarias da região —, mas tudo com cautela: “Ainda ficamos apreensivos com a situação do país. Com a eleição, não sabemos o que realmente vai acontecer, mas estamos com muita vontade de fazer as coisas acontecerem e melhorarem”.

Site oficial

Instagram

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora