this is an h1

this is an h2

Thu Jan 13 12:11:37 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Marta aumentou o faturamento ao tornar sua oficina sustentável

Com apoio do Sebrae, ela inovou, alterou processos e reduziu os impactos de sua empresa de reparação automotiva ao meio ambiente

· 13/01/2022 · Atualizado em 13/01/2022

"O Sebrae dá todo suporte de conhecimento e orientação. Desde gestão, marketing, financeiro. Se você tem dificuldade, o Sebrae sempre tem algo para te ajudar."

Passar seus conhecimentos aos alunos de Engenharia Civil foi a dedicação de muitos anos de Marta Pisani como professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador (BA). Mas chegou um momento em que ela percebeu que sua missão como educadora havia chegado ao fim, e era hora de partir para novos desafios. Foi assim que, após pedir exoneração e refletir sobre o que gostaria de fazer, decidiu empreender abrindo uma loja de lingerie. O negócio foi um sucesso por alguns anos, até a chegada da concorrência insuperável das grandes lojas de departamento, que passaram a vender os mesmos produtos que ela vendia, mas com preços muito mais baixos.

Essa situação a levou a fechar o negócio e voltar para o serviço público, quando passou em um concurso da Justiça do Trabalho em Rio Verde (GO), onde passou a morar, longe da família. A nova experiência profissional, no entanto, só confirmou a impressão de Marta: ser funcionária pública não era para ela, que considera o trabalho muito monótono. Por isso, novamente pediu exoneração, arrumou suas malas e voltou a Salvador.

De volta à capital baiana, Marta decidiu aceitar o convite do marido e tornar-se sócia da Riscos e Mossas, cuidando da parte administrativa e financeira da empresa de reparação automotiva, que presta serviços de funilaria e repintura estética e mecânicos para automóveis que contam com contratos com algumas seguradoras.

Assim que assumiu sua função na empresa, uma das primeiras ações que realizou foi fortalecer os laços com o Sebrae e começar a participar de cursos, palestras e eventos na área de gestão. Mas, de todos os produtos e serviços acessados, Marta destaca o programa ALI (Agente Local de Inovação), do qual participou em 2021, que a ajudou a tirar do papel um projeto muito importante para o negócio: a Oficina Verde.

"Nosso projeto maior é a Oficina Verde, que tem o objetivo de tornar o negócio sustentável. Começou com lixamento aspirado, um processo que não deixa que o pó vá para o meio ambiente. Aliás, tivemos dificuldade para conseguir fornecedores para esse processo. A outra coisa que estamos implementando é a energia fotovoltaica, que a partir de janeiro já vai estar funcionando. O material já chegou."

Além disso, está entre os planos fazer captação de água da chuva. O primeiro passo já foi dado: usar água de poço artesiano para não precisar usar água tratada nos processos da oficina. Outra ideia é colocar vegetação na empresa.

"O Sebrae ajudou muito com orientação, na forma de conduzir o projeto. Deu um norte e um impulso, porque às vezes a gente demora para dar o start. Se a gente estivesse sozinho, iríamos mais devagar, com o ALI a gente teve um cronograma e correu atrás."

De acordo com Marta, um dos principais benefícios que tiveram com o projeto em parceria com o Sebrae foi a abertura de suas mentes, de seus colaboradores e dos clientes. "Há um interesse em mudar, adotar boas práticas, existe hoje uma aceitação. Com a implementação dessas ideias, houve uma quebra da resistência às mudanças e uma abertura para aceitar essa nova postura consciente e sustentável. Os clientes gostaram, mas ainda não trabalhamos o marketing desses novos processos porque ainda não conseguimos operar 100% sustentável por dificuldades com fornecedores."

A empreendedora estima que o negócio teve um crescimento significativo nos últimos anos e, mesmo com a pandemia, não parou de crescer. "Ao contrário, nosso faturamento já praticamente dobrou nos últimos três anos. Estamos em constante crescimento, mesmo passando dois meses fechados em 2020, e ainda faturamos mais do que no ano anterior."

Fazer o bem para o meio ambiente e para seus clientes é, segundo Marta, o lema principal da empresa, e isso se reflete nos bons resultados do negócio. "Além de termos essa ideia da sustentabilidade, de causar o menor impacto ambiental possível, também fazemos o bem tentando resolver os problemas dos nossos clientes. Eles chegam com problemas sérios, que são danos aos veículos, chegam chateados por terem seu patrimônio danificado, e fazemos um trabalho para que ele se sinta bem. Nosso atendimento é reconhecido, e isso também gera um impacto positivo para a comunidade."

Seguir atendendo bem os clientes, com cuidado com a natureza e com a cidade, é um dos principais focos da Riscos e Mossas. Mas a empresária também quer continuar expandindo o negócio e conquistando bons resultados. Para isso, já trabalha na ampliação de convênios com novas seguradoras de veículos, já que agora a empresa conta com uma estrutura maior, em uma área nobre da cidade, e pode receber mais clientes.

Site: Riscos e Mossas

Instagram: @riscosemossas

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora